Revestimentos para a área da churrasqueira

Na hora de escolher revestimentos, a área da churrasqueira costuma gerar algumas dúvidas! Afinal, realmente é muita coisa para pensar. Além de revestir a churrasqueira em si, será necessário definir o piso ideal, a bancada e as paredes. 

Os pontos mais importantes a serem considerados são a limpeza e a manutenção. Os revestimentos da área da churrasqueira devem estar preparados para tudo: manchas de óleo, de sangue, sujeira de carvão, chuvas (em caso de churrasqueiras externas) e altas temperaturas. 

A seguir, elenquei os principais revestimentos utilizados na área gourmet, suas vantagens, desvantagens e aplicações mais comuns. 

Tijolos

Tijolinhos revestem a churrasqueira e o frontão da área gourmet projetada por Pietro Terlizzi (Foto: Divulgação)

Os tijolos são o material mais comum para churrasqueiras. E sua fama tem motivo: eles apresentam excelente durabilidade. O tijolo refratário é o mais indicado, por diminuir a absorção de calor e suportar altas temperaturas, além de oferecer um acabamento charmoso. Fácil de limpar, ainda permite uma construção relativamente rápida e pode ser utilizado da base até a chaminé. 

CONFIRA: 42 IDEIAS DE PROJETOS COM CHURRASQUEIRAS

Cimento queimado 

Churrasqueira revestida em cimento queimado no projeto da arquiteta Larissa Souza (Foto: Divulgação)

Além dos tijolos aparentes, a alvenaria sempre foi uma opção para estruturar churrasqueiras à base de carvão. Recentemente, o cimento queimado aparece como acabamento queridinho para esta formatação. Muito resistente, ele pode ser usado em praticamente qualquer contexto, mas não é recomendado para o piso em áreas externas, por ser muito escorregadio quando molhado. 

Cerâmica

Churrasqueira revestida em subway tiles de cerâmica no projeto do escritório Lez Arquitetura (Foto: Divulgação)

As peças de cerâmica são outra alternativa viável, visto que o custo-benefício do material e a variedade de modelos, cores, texturas, tamanhos e formas permitem a criação de projetos modernos e criativos. Por ser um material um pouco mais frágil, é recomendado que seja usado apenas em churrasqueiras de varanda gourmet ou cobertas. Neste contexto, pode durar mais de 20 anos. Para manter o piso ou a parede limpos, basta passar um pano úmido. 

Porcelanato

Churrasqueira revestida em porcelanato, mesmo material utilizado na bancada (Foto: Pinterest)

Assim como no caso da cerâmica, a procura pelo porcelanato cresceu muito nos últimos tempos. Apesar de ser um pouquinho mais caro, é um material muito versátil que pode ser encontrado com acabamentos que imitam pedra, madeira e até tijolinho aparente. 

Uma de suas grandes vantagens é a resistência a manchas de gordura, um problema frequente na área gourmet. Opte por um porcelanato intermediário, fosco, a fim de evitar acidentes em áreas molhadas. 

Ladrilho Hidráulico

Parede da área da churrasqueira foi revestida com ladrilho hidráulico (Foto: Limão na Água / Reprodução)

Por ser feito à base de cimento, o ladrilho hidráulico também é muito durável e pode ter uma vida útil de até 100 anos quando instalado corretamente. Por ser muito resistente a altas temperaturas, pode ser aplicado na própria churrasqueira, nas paredes ao redor e no piso. Uma coisa é certa: ele não passará despercebido! 

Pastilhas de vidro

Churrasqueira revestida com pastilhas de vidro (Foto: Sincenet / Reprodução)

Menos comuns, as pastilhas de vidro são outra excelente opção para a área de churrasqueira. Resistentes a altas temperaturas, elas se destacam pela facilidade na limpeza e pelo acabamento divertido. Podem preencher todo o backsplash, a churrasqueira e a lateral da bancada, além de permitir a criação de desenhos e detalhes. 

Pedras naturais

Churrasqueira revestida com pedra ferro (Foto: Pinterest / Reprodução)

As pedras já trazem aquele toque mais natural e rústico, que muita gente procura na área da churrasqueira. Entre as mais utilizadas estão a pedra ferro, pedra madeira e pedra canjiquinha. Vale destacar que as pedras naturais demandam uma limpeza mais pesada, já que sua textura tende a acumular mais gordura. 

Mármores e granitos


Placas de mármore revestem esta churrasqueira, mas não as bancadas (Foto: Reprodução)

Eles não são nem de longe a melhor opção para bancadas e pisos de churrasqueira, mas aparecem com frequência nas áreas gourmet! É inegável a elegância do mármore e do granito, mas é necessário levar em conta a porosidade destes materiais, que absorvem tanto água, como gordura e sumo das carnes. Se o projeto realmente pede estes revestimentos, não deixe de investir em grandes tábuas de madeira para evitar manchas. 

Contudo, o mármore pode ter um uso importantíssimo neste ambiente, muitas vezes negligenciado: na área interna da churrasqueira. Graças à resistência ao calor, é uma das pedras mais indicadas para esta configuração e ainda soma elegância à estrutura.

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment