Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos

  • Home
  • Tendências
  • Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos

Arquitetos comentam os novos hábitos do morar, acompanhando dados divulgados pelo Secovi-SP – Sindicato da Habitação de São Paulo, que indica crescimento significativo das vendas de imóveis com menos de 45 m²

Apartamento pequeno de 35m². Parede com 3 tipos de revestimentos - madeira, tijolinho aparente e azul pastel. Estante de madeira, sofá e escrivaninha.
Foto: Julia Ribeiro / Apartamento com 35m² realizado pelo escritório Oliva Arquitetura.

O estilo do morar acompanha a transformação de gerações e tudo o que acontece no seu entorno. Com o passar dos tempos – principalmente nos últimos anos, fica evidenciado uma mudança de comportamento, principalmente nas gerações Y e Z – que compreende os nascidos desde a década de 1980 até o início de 2010.

A praticidade do viver, o desapego em não acumular tantos itens em casa e o conceito do compartilhar estão cada vez mais presente nas moradas do público jovem que fomenta o mercado de vendas de apartamentos com áreas úteis reduzidas.

Segundo pesquisa divulgada recentemente pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP), seis em cada 10 novos apartamentos vendidos apresentam menos de 45m². Esse dado torna-se ainda mais expressivo quando observado que, nos últimos quatro anos, essa taxa de crescimento mais que dobrou a proporção das vendas de imóveis menores: se em 2014 representava 28% do total, até 2018 a taxa subiu alcançou o patamar de 60%.

Como os novos hábitos do morar se refletem nesses dados e nas expectativas de como o mercado imobiliário se comportará a curto e médio prazo? Para a arquiteta Fernanda Mendonça, do escritório Oliva Arquiteturahouve uma mudança expressiva no conceito do habitar um lar. Se antes o desejo pelo imóvel era pautado na aquisição de uma unidade grande e com a ideia de mantê-lo por toda a vida, o pensamento se modificou. As gerações atuais buscam por habitações menores em detrimento a outras questões que tornaram-se mais importantes na vida cotidiana. “Acompanhamos um conjunção de fatores para essa mudança. Além da queda do poder de compra, o público jovem que opta por apartamentos menores é atraído por facilidades oferecidas pelos condomínios e por avanços tecnológicos que facilitam a vida atual”, explica Fernanda.

Sala de estar de apartamento pequeno com raque de madeira, tv, piso de madeira, parede lateral de subway tiles e mesinha de centro.  Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos.
Projeto: Oliva Arquitetura

Segundo o arquiteto Pietro Terlizzi, à frente do escritório Pietro Terlizzi Arquitetura, a construção de apartamentos pequenos também é reflexo da escassez de terrenos para o mercado imobiliário. Com terrenos mais caros e apertados, as construtoras precisam compactar a metragem quadrada das plantas para disponibilizar o maior número possível de apartamentos por prédios. “Acredito que essa é uma tendência que veio para ficar. Para nós, arquitetos, muda-se a forma de projetar a medida que precisamos pensar em projetos com espaços mais flexíveis e dinâmicos para a vida do morador”, relata Terlizzi.

Projeto com soluções de arquitetura para imóveis pequenos desenvolvido pelo arquiteto Pietro Terlizzi

equação financeira fortalece o mercado de apartamentos menores. Em bairros mais centralizados, próximos da concentração de trabalho e opções de lazer, o preço elevado da metragem quadrada fortalece a opção pela aquisição de residências que seguem o estilo de espaços privados, compactados e com a proposta de compartilhamento, que acompanha um conceito bastante difundido no exterior: o home & share. Otimizando o consumo, condôminos passam a dividir o que antes era de uso privado, como área de serviço e home theater, e contar com opções como academia bem estruturada, equipe de limpeza do apartamento, área gourmet, bicicletário e até mesmo carros que podem ser compartilhados entre eles. Construtoras e grandes imobiliárias do mercado seguem em buscas de ofertas de serviço atualizadas com a demanda do mercado.

LEIA MAIS: Apartamento com Mémorias e Aconchego por Liliana Zenaro

“Estamos em um momento de ressignificar o viver. Hoje em dia as pessoas preferem estar mais próximas do trabalho, encarar menos tempo no trânsito e ter mais tempo para si. Ter um carro não é mais obrigatório, já que os aplicativos de transporte tornam a vida do morador mais fácil e econômica”, reflete Fernanda.

Junto com suas sócias, a arquiteta Fernanda especializou-se na execução de projetos com esse viés. Pensando nesse perfil de público, Fernanda explica que imóveis com metragem entre 30 e 40m² costuma ser habitados por solteiros ou casais sem filhos. Plantas com área de 50 a 60m² já refletem a vida de jovens casais com o primeiro filho, que estão no início da construção da vida familiar.

LEIA MAIS: Um Apartamento Moderno na Aclimação com Porcelanato Inspirado no Cimento Queimado

Nesse âmbito, os profissionais de arquitetura trabalham para desenvolver projetos versáteis com vistas a atender a rotina de vida do cliente. Em momentos diferentes, o mesmo ambiente pode ser a sala de estar, jantar, home office e, à noite, o quarto para descanso. “Quem parte para esse tipo de imóvel passa a seguir uma nova filosofia de vida, quando entende-se que o primordial não é mais o ter, mas sim o ser“, pontua Fernanda.

Soluções em marcenaria e móveis multifuncionais, por exemplo, são recursos de arquitetura e decoração que permitem um aproveitamento completo do imóvel, utilizando todos os espaço. Mesmo com um volume menor de objetos e roupas, por exemplo, o morador consegue ter sua vida organizada e vivenciar uma sensação de amplitude dentro do apartamento.

A seguir, imagens dos projetos dos arquitetos:
Apartamento pequeno com sala de estar integrada a sala de jantar e cozinha. Piso de madeira, banquetas pretas, bancada cinza e raque cinza. Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos.
Projeto: Oliva Arquitetura
Apartamento pequeno com sala de estar integrada a sala de jantar e cozinha. Piso de madeira, banquetas pretas, bancada cinza, raque cinza e escrivaninha. Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos.
Projeto: Olivia Arquitetura
Sala de estar aconchegante de apartamento pequeno - piso de madeira, raque cinza e mesa de centro. Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos.
Projeto: Olivia Arquitetura
Apartamento pequeno - bancada revestida com cimento queimado e tampo de madeira. Paredes com revestimento de subway tiles, madeira e cimento queimado.
Projeto: Pietro Terlizzi
Quarto planejado de apartamento pequeno. Ao fundo parede com prateleiras de madeira, guarda-roupas com espelho e paredes brancas.
Projeto: Pietro Terlizzi
Quarto de apartamento pequeno - cabeceira da cama de madeira, criado mudo rosa, luminária e paredes brancas.
Projeto: Pietro Terlizzi (Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos)
Sala de jantar de apartamento pequeno. O ambiente exibe um contrate entre o amarelo da parede e do armário, a madeira das cadeiras e da moldura da bancada e o cinza do cimento queimado que esta revestindo a parede.  destaque também para luminária de teto com formato concavo.
Projeto: Pietro Terlizzi (Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos)
Apartamento pequeno com ambientes integrados. Bancada com tampo de madeira, painel da sala de madeira, banquetas acolchoadas, raque preto, parede da entrada com subway tiles e cozinha cinza.
Projeto: Pietro Terlizzi (Mercado brasileiro registra aumento na busca por imóveis pequenos)

Sobre Oliva Arquitetura:

À primeira vista, quem observa a juventude do trio formado por Bianca Atalla, Elisa Ju e Fernanda Mendonça não imagina o extenso portfólio das experientes arquitetas. Nos últimos quatro anos, com a marca JMA Estúdio, somaram tantos projetos que cuidaram com extremo carinho e dedicação de todos os detalhes – desde a concepção do projeto até o acompanhamento e gerenciamento de obra. A partir de agosto de 2019, as três profissionais seguem trilhando uma nova etapa:  o Oliva Arquitetura segue como a evolução do desejo de projetar para seus clientes espaços cada vez mais aconchegantes e acolhedores.

Bianca, Elisa e Fernanda acreditam no poder da arquitetura como agente capaz de transformar e melhorar a vida das pessoas. A marca reflete o novo patamar do escritório, representando quem são e o que buscam conquistar por meio dessa paixão. A partir desse propósito, o compromisso de implementar a funcionalidade da vida urbana com o aconchego e familiaridade da natureza.

Com especialização em reforma de interiores residencial, o escritório também atua com excelência em projetos comerciais e corporativos, desenvolvendo áreas comuns de prédios, como halls, e apartamentos decorados. A sensibilidade, o detalhismo e a inventividade são as marcas registradas de Bianca, Elisa e Fernanda, que juntas se dedicam à criação de ambientes atemporais com um quê de sofisticação, outro quê de simplicidade, além de uma equilibrada mistura de tons e de materiais incomuns. Nesse caldeirão de ideias, apurado através de viagens, literatura, cinema e eventos nacionais e internacionais de design e arquitetura, tem sempre lugar para elementos bem brasileiros, como os tijolos e os ladrilhos hidráulicos.

Oliva Arquitetura

Arquitetas: Bianca Atalla, Elisa Ju e Fernanda Mendonça

www.oliva.arq.br

Sobre Pietro Terlizzi

Formado pela FAU Mackenzie em 2009, foi sócio da Arch Stage Projetos por sete anos. O arquiteto abriu seu próprio escritório Pietro Terlizzi Arquitetura e Design em 2016, onde atua em todas as etapas do projeto, desde a elaboração do conceito à execução da obra. Com pouco mais de dois anos de história, o escritório assina mais de 30 projetos, entre residências, escritórios e estabelecimentos comerciais, marcados por um estilo moderno, pela presença de materiais rústicos e pela combinação de paletas neutras com toques vibrantes de cor.

Pietro Terlizzi Arquitetura e Design

pietroterlizzi.com.br

Newsletter

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Blog Comments

Adorei os projetos

Obrigada! Me segue no Instagram também! @revestindoacasa

Leave a Comment