História do produto: Azulejos Zellige

Parede com azulejos de zellige azuis, piso branco e cadeira cinza claro

Os famosos azulejos de Zellige – que significa pequena pedra polida – também conhecidos como azulejos marroquinos, surgiram em meados do século X, no período-mourisco. 

Trata-se de uma arte muito antiga e trabalhosa, feita por artesãos marroquinos. Eles inventaram de desenhar formas geométricas nos azulejos, já que não podiam inserir representações de seres vivos, pois sua religião islâmica não permite que a imagem seja inserida em objetos, para evitar que ela seja mais importante do que realmente ela representa. 

No início, os azulejos apresentavam nuances branco e castanho. A partir do século XVII, foram introduzidas as cores vermelha, verde, azul e amarela, deixando a arte com um ar mais sofisticado. 

Os patronos da arte utilizaram o Zellige para decorar suas casas como indício de luxo. Hoje em dia, o revestimento ainda é muito utilizado em palácios, mesquitas e construções luxuosas. 

Mesquita Hassan II, maior mesquita de Marrocos.
Mesquita Hassan II, maior mesquita de Marrocos. 
Madraça Bem Youssef na Mesquita Ibne Lúçufe em Marrocos.
Madraça Bem Youssef na Mesquita Ibne Lúçufe em Marrocos. 

A técnica do Zellige é realizada em várias etapas. O primeiro passo é preparar uma massa de argila cinzenta, moldá-la em forma de telhas e assá-las em grandes fornos de lenha. Após esse processo, o segundo passo é novamente moldar as telhas. Depois disso elas recebem uma camada de esmalte, que são produzidos manualmente através de pigmentos naturais, e depois voltam novamente ao forno de lenha. 

Simultaneamente a esse processo, outras telhas também estão sendo produzidas. Porém, não recebem a camada de esmalte, invés disso, são cortadas em pequenos pedaços de formas variadas, que serão utilizadas como molde para a confecção final dos azulejos. Esses pequenos moldes são inseridos nas telhas coloridas, e o artesão marca o contorno do desenho até a telha lascar e dar origem a outros pedaços. Esse processo é feito manualmente pelos artesãos, centenas de vezes. 

CONFIRA: 20 DICAS DE AZULEJOS PARA UTILIZAR NA COZINHA

Após todos os itens estarem prontos, eles são inseridos dentro de ripas de madeira construindo formas geométricas, que serão o padrão final do azulejo. Feito isso, se coloca uma camada de pó de cimento e uma camada de argila por cima para ficar unificado. Depois é só aguardar secar, e os azulejos estão prontos. Incrível e muito trabalhoso, não é mesmo? 

Azulejos Zellige em tons azuis.
Azulejos Zellige em tons azuis. 
azulejo zellige diversificado
Azulejos Zellige diversificados. 

A imensa paleta de cores que o Zellige possui hoje, permite que as composições se multipliquem infinitamente. Existem também modelos com cores neutras e lisas, muito diferentes do modelo tradicional.  A técnica é reproduzida no mundo inteiro, mas por meio de papéis de parede e azulejos tradicionais. Pode ser usada em banheiros e cozinhas, dando um toque especial em sua casa. 

parede de pia da cozinha com azulejo com estampa lisa e cor neutra
Azulejos Zellige atual, com estampa lisa e cor neutra.
Banheiro com azulejos neutro em meia parede, mobília neutra e cuba branca
Banheiro com azulejo Zellige moderno, com cor neutra.
Pia de cozinha com azulejo branco e meia parede e outra metade pintado de cinza claro
Azulejo Zellige branco em cozinha. 

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment