Fechadura Digital: Conheça os principais modelos, modo de funcionamento e as principais vantagens

  • Home
  • Arquitetura
  • Fechadura Digital: Conheça os principais modelos, modo de funcionamento e as principais vantagens

Arquiteto Bruno Moraes tira as principais dúvidas sobre o produto que está cada vez mais presente nos projetos residenciais e corporativos

Projeto de apartamento com cozinha compactada com sala de jantar em tons neutros, cobogó,  mesa de vidro com cadeiras cinza, luminárias pendentes cinza, eletrodomésticos de inox e porta com fechadura digital da Samsung
Projeto de apartamento com fechadura digital da Samsung | Foto: Luis Gomes

Você sabe o que é uma fechadura digital? Conhecida também como fechadura eletrônica, essa tecnologia veio para ficar em razão de sua segurança e praticidade no dia a dia. Apesar de já ser utilizada em muitos projetos, ainda tem muita gente que não conhece as funcionalidades. Por isso, o arquiteto Bruno Moraes, responsável pelo escritório Bruno Moraes Arquitetura, apresenta quais são as principais características deste dispositivo que marca presença em seus projetos. Confira!

Vantagens

São várias as vantagens de uma fechadura digital, a começar pelas mais óbvias, como o fato de não precisar mais carregar chaves, não correr o risco de esquecê-las, ficar para o lado de fora de casa e não viver mais a insegurança da dúvida: ‘será que tranquei mesmo a porta antes de sair?’. Porém, segundo o arquiteto, a tecnologia vai muito além disso. “Por meio da programação, o sistema pode colaborar em inúmeras situações, como a entrada pontual de uma pessoa. Para tanto, basta que o morador cadastre uma senha específica para a abertura da porta”, detalha Bruno.

CONFIRA: COMO ASSENTAR REVESTIMENTOS EM PAREDES DE DRYWALL: VEJA 4 DICAS

Principais Modelos

Há vários tipos disponíveis no mercado. Os modelos mais comuns e com preços mais acessíveis são aqueles com liberação de acesso por senha, cartão ou tag (chaveiro de aproximação). De acordo com o arquiteto, há também a fechadura eletrônica com biometria (impressão digital), que é uma opção bastante segura e frequentemente requisitada em condomínios residenciais ou em empresas. “É um meio muito seguro ter o cadastro da digital do morador ou do funcionário, eliminando o risco de um terceiro utilizar a senha ou o cartão magnético e entrar sem a devida autorização”, explana Bruno.

Mais avançadas, as versões com acesso à internet e aplicativos são, atualmente, consideradas as mais modernas e completas do mercado. “Como as pessoas estão mais conectadas às tecnologias, a tendência é que aconteça uma migração para sistemas mais avançados como esses”, relaciona o profissional. Por exemplo, é possível interagir à distância, caso um prestador de serviço precise do acesso imediato ao local.  Remotamente e distante do endereço, com o aplicativo no smartphone o morador pode controlar o acesso, sem a necessidade de cadastrar digitais ou senhas.

Fique de olho: Várias dessas fechaduras já contam com alarmes de segurança! Na hora de escolher, busque as informações técnicas do fabricante e se atendem, com eficácia, a demanda.

Sala com parede de TV de cimento queimado, sofás cinza, rack branco, mesinha de canto e porta branca com fechadura da Intelbras.
A fechadura eletrônica traz comodidade e segurança para os projetos. Na foto, a fechadura da Intelbras | Foto: Luis Gomes

Projetos Residenciais e Corporativos

Com experiência na área, Bruno comenta que os projetos corporativos têm buscado cada vez mais por esse tipo de recurso, pois a fechadura costuma integrar o sistema de controle de acesso. “Levando em consideração o fluxo maior de usuários, a fechadura se configura como um importante aliado nos processos de segurança”, comenta. “Imagine fazer uma cópia da chave para cada funcionário em uma empresa grande? Além do custo, não podemos desconsiderar o risco do esquecimento de portas abertas. Por meio fechadura digital, suprimimos essa possibilidade, pois ao encostar, a porta realiza o travamento automático”, complementa o arquiteto.  

Porém, a demanda em projetos residenciais têm sido ampliada e acompanha o volume de reformas realizadas, bem como os novos empreendimentos imobiliários que, como diferencial, já contam com a fechadura eletrônica entregue pela construtora. “Com certeza é algo que veio para ficar”, acredita Bruno, que também condiciona aos preços mais acessíveis a ampliação do uso pelos brasileiros.

Cozinha com piso cinza, armários cinza, eletrodomésticos de inox, porta branca com fechadura digital da Samsung
Os empreendimentos residenciais recentes têm procurado cada vez mais pela tecnologia da fechadura eletrônica. Na imagem, a fechadura da Intelbras | Foto: Luis Gomes

Instalação

A instalação é muito simples! A fechadura eletrônica substitui facilmente a tradicional, além de ser possível instalar tanto em portas antigas, como nas mais novas. O arquiteto aproveita para desfazer o mito do ponto de energia, pois a maior parte dos dispositivos são carregados por bateria. “Caso o marceneiro contratado não saiba instalar, as assistências técnicas dos fabricantes das fechaduras digitais prestam o suporte e o esclarecimento adequado para uma execução sem erro”, ressalta.

Os modelos abastecidos por fonte de energia, por sua robustez, costumam ser especificados para o controle de acesso em condomínios ou em empresas. “Mas sempre é bom, antes da compra, certificar-se por meio do descritivo da peça”, acrescenta Bruno.

Tipos de Maçanetas

Há produtos para todos os gostos e necessidades. Fechaduras com maçaneta embutida, de sobrepor, sem maçaneta ou opções específicas para portas de madeira, de vidro, com eletroímã, etc. Por isso, é necessário analisar cada caso separadamente, para não correr o risco de levar algo errado para casa.

Alguns tipos exibem a maçaneta acoplada na própria fechadura e são ideais para substituir as peças tradicionais em portas antigas. Outras são vendidos sem a maçaneta, abrindo a possibilidade de colocar uma peça decorativa separada – situações como o puxador de porta comprido, de cima a baixo, ou as esculpidas na marcenaria da porta.

Projeto de apartamento com cozinha compactada com sala de jantar e de estar em tons neutros,  mesa de vidro com cadeiras cinza, luminárias pendentes cinza, eletrodomésticos de inox, sala de estar com sofá cinza claro e rack de madeira, cobogó e porta com fechadura digital da Samsung
O apartamento integrado evidencia a fechadura eletrônica especificada por Bruno Moraes | Foto: Luis Gomes

Cuidados e Manutenção

Para instalar uma fechadura em área externa, como na entrada de uma casa que não conta com cobertura, o recomendado é comprar um produto específico para esse tipo de espaço, evitando que seja danificada por conta das intempéries.

Importante: Quando a bateria estiver descarregando, o dispositivo dispara um sinal de alerta, com antecedência, para que haja tempo de realizar a troca por uma nova. Porém, mesmo que o morador se esqueça e aconteça o descarregamento total, é possível prover uma carga com uma bateria do lado de fora e, na sequência, digitar a senha que libera o acesso.

Custo-Benefício

Bruno apresenta um exemplo real ocorrido em seu próprio escritório de arquitetura. “Inicialmente, nossa porta principal tinha uma chave padrão e outra tetra. Fiz algumas cópias para deixar com os funcionários, caso alguém chegasse mais cedo, ou saísse para almoçar fora sozinho. O custo da cópia dessas chaves, para apenas 10 funcionários, saiu mais caro se eu tivesse adquirido uma fechadura eletrônica. Por isso, logo que mudei para um novo escritório, já instalei uma fechadura digital, que possui excelente custo-benefício”, finaliza.

Sobre Bruno Moraes Arquitetura

Criado há 13 anos, o escritório é comandado por Bruno Moraes, arquiteto formado pela Faculdade Belas Artes de São Paulo (FEBASP) e pós-graduado em Gerenciamento de Empreendimentos na Construção Civil pela FAU Mackenzie. Bruno passou por grandes escritórios, como o do arquiteto Siegbert Zanettini, onde participou do projeto de ampliação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), da Petrobras, considerado o maior projeto sustentável da América Latina. O escritório atua nas áreas de gerenciamento e execução de obras, além de se dedicar à concepção de projetos de casas, reforma de apartamentos, retrofits, espaços corporativos e áreas comuns de edifícios. Dispõe de equipe própria de obra, cuidadosamente treinada para gerir os trabalhos com processos próprios desenvolvidos pelo escritório que usa, entre outros diferenciais, um aplicativo personalizado. A marca Bruno Moraes Arquitetura tem trabalhos publicados nas mais importantes publicações de decoração e arquitetura do Brasil. Em 2019, participou do quadro de decoração do Programa da Eliana, no SBT, e em 2020 assina novamente a reforma do ambiente.

Avatar

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment