Campinas Decor 2021, Arquitetura, Decoração e Paisagismo

Tradição, história, modernidade, tecnologia e sofisticação se misturam na 25ª edição da Campinas Decor, principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista, que estará aberta ao público de 3 de setembro a 2 de novembro, com todos os cuidados exigidos pelo momento. Visitantes poderão conferir tendências e tecnologia de ponta em ambientes espaçosos e com pé direito alto, que se transformaram em modernos lofts, studios, apartamentos, escritórios, suítes e salas pelas mãos de renomados profissionais do setor em cerca de 7 mil metros quadrados de passeio pela joia arquitetônica instalada na região central de Campinas, no número 177 da Rua Culto à Ciência.

“Esta edição torna-se um grande marco na trajetória da Campinas Decor, o que se reforça ainda mais com todas as adversidades que precisamos superar para finalmente abrirmos as portas ao público. Além de comemorar nossos 25 anos, ela nos traz o prazer e a honra de devolvermos o prédio do Cotuca para o município, totalmente recuperado e modernizado. Nosso grau de satisfação é imenso”, afirma a diretora do evento, Sueli Cardoso.

No total, estima-se um investimento de R$ 12 milhões na recuperação do prédio e preparação da mostra, cotizados entre a organização, expositores, patrocinadores e fornecedores. Os trabalhos envolveram um verdadeiro exército de profissionais – arquitetos, paisagistas, engenheiros, artistas plásticos, pedreiros, pintores, jardineiros, carpinteiros e entregadores, entre outros. Foram gerados cerca de 1.500 empregos diretos durante as obras, além de outros 150 após a abertura da exposição para o público.

CONFIRA: CONHEÇA OS 21 AMBIENTES DA CASACOR SANTA CATARINA

Lounge com sofá azul com almofadas azuis e vermelhas, piso drenante, plantas decorativas, mesinha de centro de madeira e parede amarela
Projeto: Flavia Fraga- Campinas Decor 2021

Lounge do Reencontro – Ao estrear na Campinas Decor, Flávia Fraga, designer de interiores, teve como proposta trazer para esta edição da mostra um ambiente confortável e descontraído para que as pessoas pudessem se encontrar com mais segurança. O espaço de 95 m² utiliza materiais que remetem à natureza, como a madeira, que neste caso sofreu pouca interferência humana. O projeto também utiliza elementos como a corda náutica e o alumínio, materiais mais versáteis e resistentes em área externa. As cores escolhidas também estão relacionadas com a natureza, como o azul e o verde. A iluminação em led e neon traz uma ambientação diferenciada. Para o paisagismo foram usadas plantas resistentes e tropicais. Entre as soluções sustentáveis do projeto estão, a madeira, por meio de obras de arte que vêm direto da natureza, o piso drenante, escolhido por ser ecologicamente correto e que contém produtos recicláveis em sua composição, vasos cimentícios sustentáveis e a iluminação em led com baixo consumo de energia.

jardim com piso drenante, puffs de crochê, palha e madeira, plantas e luz de led iluminando
Projeto: Vitoria Ozorio, Gilany Ozorio e Alessandra Resende – Campinas Decor 2021

Jardim de Boas Vindas – Vitoria Ozorio, arquiteta e urbanista, Gilany Ozorio, paisagista, e Alessandra Resende, designer de interiores e paisagista, tiveram como missão de estreia na mostra dar boas-vindas ao público, integrando a natureza em um percurso sensorial até os demais ambientes da edição histórica. A área de 260 m² conta com 20 espécies de plantas e segue o paisagismo tropical, utilizando muito verde e elementos naturais, como pedras, plantas e água. O ferro também está presente por meio de esculturas. Espelhos d’água e parede d’água complementam os canteiros verdes, trazendo uma nova tendência para os projetos de paisagismo residenciais e comerciais. O jardim evidencia a importância do paisagismo na arquitetura e no design, com formas e volumes de plantas e os elementos usados para compor os jardins com criatividade e sofisticação. Entre os detalhes sustentáveis, o destaque é o piso drenante, que absorve a água da chuva. 

Projeto: Juliano Zanella – Campinas Decor 2021

Jardim Fachada – Em sua quarta participação na Campinas Decor, o paisagista Juliano Zanella teve como objetivo criar um jardim moderno, agradável e funcional num espaço de 200 m² que valorizasse a arquitetura do prédio. O projeto tem como destaque a vegetação densa, com muitas folhas verdes e áreas de descanso com mobiliário moderno. Para o paisagismo foram utilizadas palmeiras de pequeno porte (elegans), costelas de adão (guaimbe), forração em barba de serpente, cica revoluta, dianela e tumbergia arbustiva. Entre os principais materiais empregados estão a pérgola em estrutura metálica e os vasos vietnamitas. O verde é a cor predominante, presente também em vasos e no mobiliário. Além da iluminação indireta, a fachada ganha um toque especial com iluminação focada nas plantas. A sustentabilidade está presente desde a execução do projeto, que evitou o desperdício de materiais e através da preservação de espécies existentes e ainda por meio da utilização de madeiras aproveitadas. Além disso, o piso do edifício, que estava muito danificado, foi recuperado, mantendo e preservando a escadaria de entrada. 

Projeto: Niró Albiero  – Campinas Decor 2021

The Urban Jungle Living – O designer de interiores Niró Albiero teve a proposta de homenagear a floresta Amazônica e trazê-la para o interior do living de aproximadamente 60 m².  O grande destaque do projeto são a essência e as cores da floresta em harmonia com o mobiliário assinado e os itens de decoração. As cores verde, branco e marrom predominam no projeto, que segue o estilo minimalista. A iluminação utiliza pendente suspenso com spots embutidos e pendentes soltos pelo espaço inspirado na dança de vaga-lumes durante a noite na floresta. O paisagismo usa espécies de grande tamanho, como amaranto charuto, costela de adão e ficus lyrata. E a sustentabilidade é marcada pela valorização da arquitetura já existente, pela presença de plantas e pelos painéis decorativos confeccionados em material reciclável de garrafas pet.

Projeto: Suzi Castro – Campinas Decor 2021

Hall Acolhedor – A designer de interiores Suzi Castro preparou para esta edição um ambiente acolhedor. Ela conta que quando visitou o local da 25ª Campinas Decor ficou apaixonada pelo espaço que decidiu escolher graças a sua iluminação natural proveniente de uma grande janela. A ideia foi despertar no público essa mesma sensação, por isso ela optou por deixar a janela aberta com apenas um xale em suas laterais, passando um ar acolhedor e recepcionando calorosamente os visitantes num espaço de 25 m² em estilo contemporâneo. A iluminação quase toda indireta conta com uma sanca invertida feita em madeira, uma luminária de piso e um pendente composto por vários anéis. O projeto mistura materiais quentes como a madeira, apresentada em uma proposta diferente, em todo o teto com a sanca invertida e na parte superior das paredes. A designer optou também pelo uso de veludo e materiais frios como o revestimento Calacata Gold que foi aplicado em todo piso e ao longo de 2,40 metros nas paredes. Em relação às cores, predominam no espaço tons neutros, azul e dourado, sendo o grande destaque o sofá em veludo azul. Para complementar o espaço, obras de arte de Marcello Dellova, mobiliário Breton e uma charmosa ficus lyrata, mais conhecida como figueira lira, integram o paisagismo.

Projeto: Roberta Kassouf – Campinas Decor 2021

Living – Em sua décima participação na Campinas Decor, Roberta Kassouf, arquiteta, teve como proposta priorizar o convívio entre a família e amigos, criando um espaço em estilo contemporâneo, sofisticado e ao mesmo tempo acolhedor. O destaque do living de 58 m² e pé direito de 4.20 m é a adega, que utiliza o espaço através da sua verticalização e conta com a ajuda de um robô para coletar os vinhos e entregá-los ao degustador. Outro destaque é a iluminação: dois grandes painéis treliçados iluminados criam um efeito cenográfico, dando personalidade ao projeto. O ambiente abusa dos tons neutros, que transitam com fluidez entre o cinza, o marrom, o bege e o branco e contribuem para uma atmosfera de relaxamento. O material mais utilizado no projeto é a madeira, laqueada em tom de marrom. O mármore Bianco Gris, um dos mármores nacionais mais bonitos, completa a sofisticação. Já o paisagismo está concentrado em dois grandes vasos nas laterais do sofá com a Palmeira Chamaedorea.

Projeto: Patricia Moreno – Campinas Decor 2021

Home Cinema – A arquiteta Patricia Moreno, em sua terceira participação no evento, idealizou um ambiente que pudesse ser o principal local de reunião de toda a família, atendendo aos gostos e desejos de todos. Segundo a expositora, o projeto é uma mistura de estilos, trazendo desde o clássico até o supermoderno, e tem como principal destaque uma girafa de quatro metros de altura. O ambiente de 54 m² é todo revestido em MDF liso, ripado e frisado, que juntamente com o carpete do piso e as cortinas em veludo atendem a acústica que o ambiente necessita. O espaço conta com um lavabo com porta de vidro inteligente que “escurece” com o fecho da porta. Há também uma televisão “escondida” em um espelho mágico, que só aparece se ligada. E para completar, a arquiteta preparou uma área verde no espaço através de um jardim artificial, localizado atrás de uma parede de vidro do lavabo. As cores predominantes são preto, cinza e tons de madeira e a iluminação é predominantemente indireta para dar o aconchego que o ambiente necessita. Entre as principais soluções encontradas, está a criação de um mini mezanino para que os pais possam apreciar um local mais reservado, com adega e visão para a tela do cinema.

Projeto: Guacira Lotufo Bonafé e Gabrielle Antunes Bonganha – Campinas Decor 2021

Jantar em Paris – A designer de interiores Guacira Lotufo Bonafé e a também designer de interiores e arquiteta Gabrielle Antunes Bonganha tiveram a missão de elaborar para esta edição da Campinas Decor um ambiente para receber a família e amigos com elegância e simplicidade. O projeto utiliza predominantemente materiais como pedra natural, pendente de cristal egípcio, vidro colorido, serralheria, vegetação natural, cortina em linho, madeira, MDF e latão. O espaço de grandes dimensões tem como destaque a mesa de jantar com pendente sobre ela. Para a mesa foi utilizada uma linguagem contemporânea com um tampo de pedra natural no formato oval sobre uma base leve em ferro no tom ouro. O mobiliário, com cores cuidadosamente escolhidas, traz um clima intimista e aconchegante. Em relação às cores, o tom cinza predomina como pano de fundo, contrastando com painéis de madeira que revestem partes das paredes e boiseries, que conferem um ar de requinte. E para mostrar o contraste do atual com o antigo, o piso original foi mantido propositalmente no projeto assinado pelas designers.

Projeto:  Andrea Ottoni e Bruna Barbieri  – Campinas Decor 2021

Cozinha com Aromas da Toscana – Parceiras neste projeto, as arquitetas Andrea Ottoni e Bruna Barbieri mostram na Campinas Decor 25 anos um novo conceito de cozinha, pensado de forma a atrair todos ao convívio. A cozinha com Aromas da Toscana facilmente se confunde com uma sala de estar quando, mesmo sem abrir mão da tecnologia e do design, tira o foco dos eletrodomésticos, que não são mais os protagonistas do espaço. O projeto de 50 m² mescla o estilo de projeto dos dois escritórios e traz um colorido aconchegante. As arquitetas abusam do uso de tecidos com texturas e cores, combinados a elementos de memória afetiva, promovendo o conforto e provando que aquela cozinha branca e sem graça, onde quem cozinha fica esquecido, é coisa do passado. No espaço predominam o verde, o conhaque e o mostarda, além das estampas em xadrez, floral, listras e chevron, que são delicadamente utilizadas para criar uma atmosfera convidativa. As bancadas em pedra sinterizada são exploradas em sua aparência natural com o Laminam, material que representa o que há de mais resistência, durável e higiênico em bancadas para cozinha, que se conecta elegantemente com o MDF laqueado, especificado para os armários. O projeto luminotécnico equilibra pontos de luz fria a uma iluminação mais aconchegante, empregando funcionalidade a cada setor do espaço. E por fim, a automação se faz presente, conectando as diferentes áreas pelo controle de luz e pelo som. Uma cozinha ressignificada, repleta de alma. Um convite para inesquecíveis histórias de família reunida com amigos.

Projeto: Mauricio Silva  – Campinas Decor 2021

Contando a História – O designer de produto Mauricio Silva trouxe para esta edição histórica da mostra um ambiente aconchegante em estilo contemporâneo com toque clássico para a família se reunir e contar histórias. Os mobiliários exclusivos e assinados, como aparador, poltronas e mesa de centro, se destacam no projeto, que utiliza também materiais como vidro, aço carbono, latão, couro e corda. A cor cinza e o preto predominam no ambiente de 35 m². A madeira multilaminada de reflorestamento, proveniente de manejo sustentável, o aço carbono, considerado um dos materiais mais sustentáveis que existe, e o vidro, 100% reciclável, reforçam a sustentabilidade do espaço.

Projeto: Alessandro Oliveira, Fernanda Valle  e Wellington Gaspa – Campinas Decor 2021

Tudo em Família – O trio formado pelo arquiteto e designer de interiores Alessandro Oliveira, a designer de interiores Fernanda Valle e o engenheiro civil Wellington Gaspar teve como premissa contar a história da família Coppola, através do design, com muita elegância e sofisticação. O resultado foi a criação de um living em um espaço reduzido de aproximadamente 20 m², que segue o estilo contemporâneo e traz o aconchego da Toscana. Um dos destaques do projeto é a estante em chapa ultracompact, material inovador e sustentável, que é muito resistente e mais leve que os mármores e granitos tradicionais. Outros atrativos são o lindo mapa da Itália feito com garrafas de vinho e o tapete desenvolvido exclusivamente para o espaço. O projeto leva ainda muitos tons neutros e materiais como madeira, mármore e couro. Segundo o trio, a iluminação é a responsável pelo sucesso do ambiente. Elaborada 100% em led, ela cria cenários que atendem diversos ambientes para reunir a família para tomar um bom vinho, bater um papo, ler um livro ou simplesmente relaxar.

Projeto: Daniella Antunes e Maycon Flamarion – Campinas Decor 2021

Sala de Banho – A arquiteta Daniella Antunes e o arquiteto e designer de interiores Maycon Flamarion, veteranos de Campinas Decor, criaram para esta edição um ambiente de aconchego e relaxamento para apreciar aquele banho revigorador e ainda cuidar da aparência, através de uma área para make e produção de looks. O ambiente de 20 m² tem como destaques as diferentes paginações aplicadas na cerâmica de revestimento e a banheira, cercada por vegetação natural, invadida por muita luz natural. O projeto em estilo contemporâneo utiliza cores como off white, preto, dourado e amadeirados. Entre os principais materiais utilizados estão cerâmica, madeira e metalon. O projeto luminotécnico utiliza a iluminação indireta e linear, pontos e luminárias de piso, distribuídas estrategicamente pelo espaço, destacando algumas áreas. Entre as peças assinadas estão as arandelas de Ana Neute e Cristiana Bertolucci. O paisagismo utiliza várias espécies de sombra, indicadas para áreas internas, como a jibóia, a maranta zebrinha e clorofito.

Projeto: Cátia Furlan e Daniele D’Ambrosio  – Campinas Decor 2021

Estar Íntimo – O projeto das designers de interiores Cátia Furlan e Daniele D’Ambrosio tem como proposta criar uma sala em estilo contemporâneo para ser um lugar gostoso de ficar em família. A ideia foi proporcionar um local onde pudessem se sentir mais à vontade e acolhidos. Integram o espaço um grande sofá, poltronas para conversar e uma chaise para relaxar ou ler um livro. Para complementar o ambiente de 58 m², um espaço dedicado a uma grande paixão: os vinhos. Para isso uma adega  inteligente que armazena as garrafas de vinho na posição ideal, mantendo o vinho em contato total com a rolha e acúmulo de resíduos no fundo da garrafa. O grande destaque do projeto é a estante que foi exclusivamente desenhada para abraçar a parede, privilegiando o desenho da sala com uma circulação mais funcional além de garantir maior privacidade. Revestir o ambiente em padrão madeira, trouxe aconchego e a sensação de acolhimento ao pé direito generoso. As texturas, aliadas a uma paleta de beges, terrosos e roses, torna a sala um ambiente elegante e ao mesmo tempo, confortável de se estar. A ideia de jardim toscano é conseguida por meio de vasos com arbustos em diferentes alturas e aromas típicos italianos que conferem um movimento de tons verde ao ambiente. Três tipos de iluminação são utilizados: uma geral para todo o ambiente, as pontuais e as decorativas. A sustentabilidade também está presente: o projeto conta com tapete e cortinas de algodão, ventilação e iluminação natural e todo o MDF utilizado é proveniente de madeira de reflorestamento. 

Projeto: Rita Diniz e Patrícia Diniz  – Campinas Decor 2021

Refúgio do Casal – A designer de interiores Rita Diniz, participante da Campinas Decor desde sua primeira edição, e a arquiteta e designer de interiores Patrícia Diniz, que participa da mostra pelo segundo ano consecutivo, criaram um ambiente que traz aconchego e remete à natureza. O conceito usado no Refúgio do Casal é de um ambiente todo integrado, com múltiplas funções, que cria uma atmosfera leve e gostosa para fugir da loucura de uma cidade metropolitana. Para elas, o destaque do projeto fica por conta do ambiente aberto de 97,5 m² integrado, onde foram utilizados materiais como pedra, madeira e muito verde. O espaço conta com uma grande estante de livros feita em MDF com iluminação embutida e uma grande lareira com um estar para o casal poder ler e descansar a mente. Aproveitando o pé direito muito alto do espaço, foi criado um forro mesclando vigas de MDF. O material também é utilizado acima do banheiro do casal, trazendo um ar de campo a este espaço metropolitano. A iluminação, bem estudada, conta com bastante luz indireta para realçar a estante e a parede de pedras. Para complementar a ambientação, uma chuva de pendentes harmoniza com a decoração.

Projeto:  Anderson Leite – Campinas Decor 2021

Suíte dos Trigêmeos – O arquiteto Anderson Leite, em sua décima participação na Campinas Decor, buscou em suas férias de infância na praia a inspiração para a criação desta suíte. Graças ao grande pé-direito, o destaque do projeto são a casa de praia que abriga os banheiros e o barco pendurado no teto. O amplo ambiente de 70 m², com varanda de 9 m², permitiu a setorização do espaço em áreas de uso, descanso e recreação. O projeto segue o estilo lúdico com toques rústicos e utiliza bastante madeira sustentável, proveniente de reuso. A madeira foi envelhecida artesanalmente, criando a ideia de que os móveis foram envelhecidos pelo tempo e possibilitando o contraste com as tecnologias de iluminação utilizadas. O projeto usa a iluminação técnica e cênica com acréscimo de luminárias lúdicas e uma estrutura iluminada flexível, localizada acima do barco por meio de uma instalação artística. As cores azul, vermelho e branco e a madeira predominam na suíte.

Projeto:  Ariane Sayão e Emanuela Morais  – Campinas Decor 2021

Suíte da filha – Estreantes na Campinas Decor, Ariane Sayão, designer de interiores, e Emanuela Morais, arquiteta, criaram a Suíte da filha, projeto idealizado para uma adolescente de 14 anos, criativa e apaixonada por tecnologia. O ambiente de 61 m² em estilo Geek segue o cenário de um galpão industrial de Nova York, com tijolos e tubulações aparentes, estrutura metálica e telas. As cores predominantes são o preto, cinza e tons alaranjados. Entre os destaques está a rede horizontal confeccionada à mão, tendência em países europeus. O recurso é ideal para aproveitar áreas com mezanino ou pé direito alto, formando uma rede na horizontal, estilo cama elástica, que deixa o espaço propício para lazer e descanso, com muito conforto e segurança. A iluminação escolhida é indireta e utiliza perfis em led, trilhos com spots direcionáveis e arandelas de estilo industrial. Destaque para a figura em tamanho real do Homem Aranha, licenciada pela Sideshow.

Projeto: Janaina Ramalho – Campinas Decor 2021

Quarto dos Hóspedes – Em sua quinta participação na Campinas Decor, a arquiteta de interiores Janaina Ramalho trouxe para este quarto de hóspedes um conceito inovador e tecnológico, com traços contemporâneos e autênticos. Destaque para a funcionalidade aliada à tecnologia do telão refletor double screen, que integra ambos os lados do ambiente. As cores fendi, rosa, branco e preto predominam no espaço de 24 m², além de materiais como o veludo, MDF e granito. A iluminação é quente e pontual, usada para trazer aconchego. O grande destaque fica pelo uso do perfil de led, embutido no forro, que é a marca registrada da arquiteta. O paisagismo faz uso de plantas de zâmia, em pequenos vasos colocados acima da cabeceira. A profissional aponta o uso de materiais com procedência sustentável, como os tecidos que revestem a cama, as poltronas e o granito da lareira.

Projeto: Elaine Carvalho  – Campinas Decor 2021

Dream Casa – Participante de 15 edições da Campinas Decor, a arquiteta Elaine Carvalho partiu da seguinte premissa: não há nada como a casa da gente. “Ela traz segurança, conforto e aconchego, tem vida, personalidade, história e uma essência única,” diz a arquiteta. Foi essa essência que ela buscou para o seu projeto, que ocupa uma área de 150 m² e tem um estilo simples e elegante. Uma caixa central foi criada para acomodar um banheiro e criar a setorização dos ambientes, dividindo a área social da área íntima. Como o pé direito é bem alto, a caixa não vai até o teto, mantendo a grandiosidade do espaço. Visando a sustentabilidade, o piso de madeira original foi mantido e tratado. A madeira também é utilizada nos armários da cozinha e na caixa que acomoda o banheiro e recebe um acabamento ebanizado cinza. Para as bancadas e o piso do banheiro, a escolha foi um lindo material natural, um mármore exótico e resistente. Na decoração, a busca foi por materiais naturais como couro, linho e algodão. Para compor o projeto, as cores escolhidas são os brancos e crus, cinza, verde e um toque de amarelo.

Projeto: Paula Ballone  – Campinas Decor 2021

Para Ti – Em sua estreia na Campinas Decor, a designer de interiores Paula Ballone teve como inspiração uma casa da cidade de Paraty. “O grande destaque do projeto é a integração entre pessoas e o pertencimento à natureza,” diz Paula. O espaço de 62 m² é dividido em casa com lavabo, living integrado e suíte. Seguindo o estilo rústico chique, o projeto utiliza como principais materiais a madeira, o linho e as plantas naturais para trazer uma sensação de bem-estar. O paisagismo é feito com plantas nativas da Mata Atlântica, encontradas na cidade de Paraty, como bromélias, costela de adão, palmeira, palmeira leque e lírio. As cores cru, verde e madeira predominam no ambiente e a iluminação ganha toques especiais com a rede de pesca com pisca-pisca de Natal e luzes indiretas. Entre os materiais sustentáveis estão os móveis de madeira maciça, muito duráveis. 

Projeto: Susan Bortoletto e Nicole Krause – Campinas Decor 2021

Estar do Enólogo – A designer de interiores Susan Bortoletto e a arquiteta Nicole Krause tiveram como proposta valorizar todos os elementos existentes no espaço projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, mantendo o universo neoclássico original, aliando simplicidade e sofisticação, criando um mix entre o passado e o presente. O contraponto do projeto são o mobiliário solto e a iluminação. Foram usadas peças autorais contemporâneas e peças de antiquário. Com 55 m², o espaço é composto por um amplo estar para receber os amigos e apreciadores de um bom vinho. As linhas curvas utilizadas trazem o aconchego e compõem, em conjunto com as peças de antiquário, uma atmosfera de vivência, na qual a adega é o grande destaque. Predominam no projeto tons amadeirados naturais e uma gama de tons terrosos e materiais naturais, como madeira, mármores, vidro e pergaminho. O projeto permeia o passado e o presente com lustres e arandelas europeias do século XIX, que dialogam com as peças decorativas contemporâneas assinadas por designers atuais. O efeito cenográfico fica por conta da iluminação técnica que valoriza os detalhes e as obras de arte presentes.

Projeto: Ana Michelle Betti e Victoria S. Barboni – Campinas Decor 2021

Simples Assim – Estreantes na Campinas Decor, a arquiteta e paisagista Ana Michelle Betti e a paisagista e consultora de Neuro Feng Shui Victoria S. Barboni tiveram como proposta elaborar um projeto multifuncional pensado para ser utilizado como home office, sala de leitura, biblioteca ou, até mesmo, como uma área de descanso e refúgio no meio urbano. O espaço formado por uma sala 13 m² e varanda de 7,8 m² segue o estilo contemporâneo com design biofílico e afetivo, que conforta e emociona. O projeto utiliza materiais naturais, como a madeira, revestimento cimentício, linho, palhinha e padrões inspirados na natureza, criando uma atmosfera aconchegante ideal para o trabalho e criatividade, bem como para o aumento da sintonia com o meio ambiente. Na varanda, o balanço convida a viver com mais calma e o jardim, com diversas plantas aromáticas e medicinais, traz tranquilidade e equilíbrio. Entre as soluções sustentáveis estão o uso do deck de madeira pinus no chão da varanda para não intervir no piso original, a marcenaria da estante sem fundo em madeira, que diminui a quantidade de material utilizado, o tapete confeccionado com material reciclado de garrafa pet e objetos de garimpo. 

Projeto: Mariana Oliveira – Campinas Decor 2021

Conceito H – Em sua décima participação na Campinas Decor, a arquiteta Mariana Oliveira criou um ambiente voltado especialmente para o público masculino, mostrando o novo jeito de morar em espaços reduzidos, uma característica do mercado imobiliário atual. A elaboração do projeto levou em conta algumas perguntas: Como vive esse homem hoje? O que é importante para ele nesse espaço, já que todos passam grande parte do seu tempo fora, mas sempre voltam para o aconchego de suas casas? O resultado foi um projeto moderno e contemporâneo, que, segundo ela, tem como destaque a distribuição de layout num apartamento de 35 m², com as funcionalidades e o aconchego de que o morador precisa. No ambiente, predomina a marcenaria, que de forma limpa divide o espaço, acopla armários e de forma harmônica com outros produtos traz o aconchego. As cores predominantes são os tons da madeira, o cinza e o preto.  Texturas diferentes, como cimento queimado e tijolo, linho, papel de parede, vidro e revestimentos fazem o complemento. A sustentabilidade também marca presença: entre as soluções usadas, estão a reutilização do piso de madeira original existente no espaço, produtos para colagem feitos com cola à base de água, piso e revestimento feitos por empresa com certificado Leed de sustentabilidade e iluminação em led com automação para redução de custos.

Projeto: Kátia El Badouy  – Campinas Decor 2021

Casa de Campo – Com 17 participações na Campinas Decor, a arquiteta, urbanista e designer de interiores Kátia El Badouy teve como prop

osta para esta edição desenvolver um projeto para fins de semana ou até mesmo para morar. A ambientação ganha ares de atmosfera de campo, porém mais contemporâneos, seguindo o estilo Cottage Urbano. “Sair do convencional e temático, sair do bege e branco foi a premissa, sem perder o aconchego e o charme, repaginando o tema com despojamento, mas com elegância explorados pela predominância do preto e branco”, explica a arquiteta. Entre os  materiais utilizados temos a madeira, palha artesanal, barro e corda náutica. O projeto arquitetônico proporcionou a otimização da área com marcenaria planejada, sendo priorizado o uso do MDF, garantindo assim a sustentabilidade. O projeto de arquitetura destaca também a setorização das áreas com suas devidas funções,  como  a de uma casa em pleno funcionamento. Todo forro contornando as tesouras existentes é de PVC teto vinílico que, com aparência impecável de madeira, é sustentável e leve. O mezanino foi projetado para receber as crianças. Quarto do casal com atmosfera aconchegante, banho, closet, living/lareira e cozinha, tudo muito bem distribuído em apenas 70 m². 

Projeto: Fabricio Barros e Mariana Niiya  – Campinas Decor 2021

Espaço Cult – Participando pela segunda vez da Campinas Decor, o arquiteto Fabricio Barros e a designer de interiores Mariana Niiya seguiram o estilo “neoclássico criativo” para um espaço de convívio de estar e cultura, ideal para a leitura de um livro, apreciação de uma obra de arte, para degustação de um vinho ou simplesmente, para um jogo. O lounge de leitura se destaca no ambiente de 124 m², com a estante que percorre o pé direito duplo e continua até o teto, proporcionando um efeito inusitado, aconchegante, relaxante e ao mesmo tempo curioso e ousado. Madeira, linho e ferro são os materiais predominantes no espaço, que segue um conceito diferenciado com mistura de estilos e com inspirações no último Salão de Milão. O projeto explora o paisagismo inside com intuito de trazer a atmosfera externa para dentro de casa e com um ar mais tropical para contrastar com o estilo neoclássico do mobiliário, porém seguindo a mesma vertente das estamparias. As plantas usadas ajudam a manter a temperatura amena e dessa forma colaboram com a sustentabilidade. Iluminação 100% em led, mais cênica, com focos e pendentes assinados como destaque. Outras escolhas sustentáveis estão presentes no mobiliário orgânico de madeira de lei, no MDF usado, nos tapetes naturais e na pintura feita à base de água.

Projeto: Célia Lena e  Ariane Giliotti -Campinas Decor 2021

Bem estar Vintage – A designer de interiores Célia Lena e a arquiteta e urbanista Ariane Giliotti estreiam na Campinas Decor com um projeto inspirado na beleza histórica do prédio do Cotuca e no próprio tema vintage. Segundo elas, o grande destaque foi justamente o resgate da beleza clássica e antiga de uma época que marcou a história pelo seu bom gosto e sofisticação. Com 26 m², o ambiente abusa de cores como o cinza e o preto e de materiais como revestimentos hidráulicos, marcenaria em MDF, papel de parede e da decoração. Essa última utiliza objetos vintage diretamente relacionados à música, papel de parede e elementos da natureza nas cores cinza. Para a iluminação, a escolha foi o uso de lustres de cristais, com variação de tamanho para resgatar toda a beleza da época, além da iluminação indireta. O revestimento garante a sofisticação ao resgatar a beleza do ladrilho hidráulico, feito artesanalmente e muito resistente. De cores vibrantes e com seu acabamento despretensioso e irregular, o revestimento proporciona ao ambiente beleza e personalidade ao mesmo tempo. O projeto conta ainda com cortinas de crepe de voil, espelhos clássicos, bisotado e um sofá curvo em veludo preto, que garante charme e conforto ao ambiente. O paisagismo combina plantas naturais, permanentes e desidratadas, por meio do uso de samambaias, lírios e plumas naturais. 

Projeto: Bia Ferrari -Campinas Decor 2021

Alma de Viajante – A arquiteta Bia Ferrari, em sua oitava participação no evento, teve como proposta explorar “ao pé da letra” o nome do ambiente. Para isso, buscou focar em viagens para criar um espaço gostoso, ideal para novas pesquisas e também para relaxar com uma boa música, num ambiente repleto de memórias de passeios e coleções. Segundo ela, o grande destaque do projeto é o sofá central com assento para os dois lados, que deixa o espaço bem versátil. Com 23 m² e em estilo “Cozy Chic”, mesclando móveis novos e usados, bem como peças de design e outras com puro apelo emocional, o ambiente conta com materiais como a camurça, couro, metais dourados e marcenaria laminada no padrão Pau Ferro, buscando a solidez e perenidade de uma peça em madeira de lei. A arquiteta optou também por cores como cinza e verde em tons Fendi e detalhes pretos e dourados. A iluminação em led conta com vários spots que exploram em circuitos diferentes as coleções e também pontuam dois pendentes para uma luz geral confortável. As soluções sustentáveis encontradas para o espaço incluem o uso de alguns móveis já utilizados, destacando tecidos já gastos e até mesmo em alguns casos com pequenas avarias, mostrando ao público que não somente o ambiente “showroom” tem valor. 

Projeto: Marcelo Camargo -Campinas Decor 2021

Le Couloir Noir – O arquiteto Marcelo Camargo teve o desafio de trabalhar com um dos maiores ambientes da mostra, com 192 m², um hall de circulação e uma escadaria. O objetivo foi proporcionar soluções que valorizassem a amplitude do espaço. O caminhar pelo espaço revela ambientes aconchegantes pensados criteriosamente seguindo uma paleta de tons mais fechados, que ajudam a destacar as peças de design e o piso original recuperado. Em sua última parcela, o espectador é surpreendido por um espaço que dá nome ao ambiente, “o corredor negro”, a quietude das largas paredes é quebrada por elementos que buscam o olhar do visitante, criando um questionamento sobre o uso dos mais diversos tipos de materiais empregados. Para o projeto, o arquiteto optou por uma releitura do clássico com a recuperação de elementos do edifício, que fazem uma composição com o mobiliário contemporâneo. Além disso, foram usados madeira e tecidos nobres, como o veludo e a seda, para compor o espaço. No ambiente predomina o uso do ladrilho hidráulico já existente, que foi restaurado garantindo a sustentabilidade e colaborando para o não surgimento de entulhos.

Sala com poltronas cinza, sofá no canto da janela com almofadas coloridas, meia parede verde de fundo e outra metade com papel de parede biofilia, janela grande de madeira com nichos nas laterais
Projeto: Vani Mazoni  – Campinas Decor 2021

Espaço Conexão – A designer de interiores Vani Mazoni teve como desafio criar um espaço para a grande família de moradores no qual todos pudessem estar juntos em um mesmo lugar. “Minha grande inspiração para a criação desse projeto foram a cor verde e o estilo Urban Jungle (Selva Urbana), que vem crescendo muito nos meios urbanos e grandes cidades”, diz Mazoni. O resultado é um espaço de 20,73 m², acolhedor e confortável, onde a família pode se reunir, trocar experiências e desfrutar de momentos especiais, tendo a sensação de ter uma extensão do jardim dentro de casa. O paisagismo inclui suculentas, orquídeas, fícus lira, samambaias, costela de adão, entre outras espécies. O projeto também segue o estilo contemporâneo e conta com lugares especialmente pensados para cada membro da família, criados para ler ao lado da lareira, desenhar, brincar, assistir a filmes e até escolher o roteiro de novas viagens. O destaque são os painéis com detalhes em relevo na cor verde, os tijolos aparentes, as muitas plantas e folhagens naturais.

Sala com cores Bordo e Luar, ambas da Suvinil, objetos decorativos de pedras exóticas, como a Bellatrix,  A iluminação possui detalhes em latão e capim dourado, sofá de couro bege, tapete listrado preto e branco, rack de madeira com lareira, poltronas pretas e mesinha redonda com cadeira
Projeto: André Zimmerman  – Campinas Decor 2021

Loft da Diversidade – Em sua terceira participação na Campinas Decor, o publicitário e designer de interiores André Zimmerman trouxe como proposta para esta edição a diversidade. Segundo ele, a ideia é reconhecer a diversidade como parte inseparável da identidade humana e tornar notória através do seu projeto a riqueza representada por essa pluralidade étnico cultural na superação de qualquer tipo de discriminação. Para o designer, o destaque do projeto é o uso inteligente do espaço, considerando a arquitetura histórica do prédio e contrapondo de forma harmoniosa o clássico com o contemporâneo. Ocupando uma área 60 m² com pé direito de 4,30 m, o ambiente traz como principal lançamento o Corstone da Weiku do Brasil, material de vidro laminado que permite representar pedras exóticas e retro iluminadas. O produto foi utilizado de forma criativa para uma parede que divide o banho e o living. Para o projeto o designer optou pelas cores Bordo e Luar, ambas da Suvinil, e apostou em materiais como pedras exóticas, como a Bellatrix, um granito nacional tipo exportação, além de couro, linho, texturas naturais e MDF de alto padrão da GreenPlac. A iluminação possui detalhes em latão e capim dourado, elementos distintos que trazem o glamour e o chame às peças. Para o paisagismo foi utilizado o conceito Urban Jungle, que traz o verde e a conexão com a natureza para dentro da casa. Entre as espécies utilizadas estão jabuticabeira, bananeira, jibóia e samambaia, entre outras.

Projeto:  Eliane Ferrari Cardoso – Campinas Decor 2021

Las Vegas – Com 15 edições de Campinas Decor, a designer de interiores Eliane Ferrari Cardoso teve como proposta criar um ponto de encontro para reunir amigos para se aventurarem no poker e carteado. O grande destaque do espaço de 59 m² é justamente a mesa de poker. O estilo escolhido é o “neoclássico – millionaire lifestyle”. Entre as cores predominantes no espaço estão o tom Galho Seco (Suvinil) e a cor preta. O projeto prioriza materiais como a madeira, pedra quartzito Taj Mahal que agrega valor ao ambiente, além de ser um material raro, e o veludo. Por ser um ambiente de convivência e entretenimento noturno, o espaço utiliza iluminação confortável com pontos focados e luxuosos pendentes decorativos de cristal. A sustentabilidade está presente no uso do MDF, que utiliza exclusivamente fibra de madeira de reflorestamento como matéria prima.

Projeto: Andréa Barroso  -Campinas Decor 2021

Recanto da escritora – Veterana de Campinas Decor, a designer de interiores Andréa Barroso elaborou nesta edição histórica um ambiente para a dona da casa, que é escritora, descansar, receber e escrever. A grande estante é o destaque do projeto. O espaço de 73 m² segue o estilo contemporâneo e utiliza cores como o cru e os terrosos, além de materiais como cimento queimado, madeira e fibras. O projeto utiliza também mesas de madeira petrificada, que são fósseis com mais de 20 milhões de anos, as obras da artista Tidda Ricco e quadro de Gustavo Moreno feito com tintas e cimento. A iluminação escolhida é a indireta, tendo somente luzes diretas nas obras de arte e em pontos importantes. Uma linda oliveira plantada em um vaso ajuda a completar o clima do ambiente. Entre os elementos sustentáveis, estão o uso da madeira petrificada e de obra em papel machê.

Projeto: Bárbara Di Monaco, Izilda Morae e Solange Tannuri -Campinas Decor 2021

Organic Style – As arquitetas Bárbara Di Monaco e Izilda Moraes e a designer de interiores Solange Tannuri, veteranas de Campinas Decor, partiram da proposta de criar um ambiente dentro do tema Organic Style proposto pela organização, com o uso de materiais sustentáveis. O objetivo é receber e reunir pessoas, em um espaço de 42 m², proporcionando um clima acolhedor e confortável. O projeto alia tecnologia, beleza e requinte, resgatando a sofisticação de um drink lounge, juntando funcionalidade e o uso de formas orgânicas de diversos elementos desenhados, a exemplo do desenho sinuoso das vigas de madeira no forro do ambiente. Inspiração e referência vêm da arquitetura de Zaha Hadid, que usava o conceito orgânico em seus projetos e, após sua morte, continua a ser linha mestra dos seus seguidores. Os principais materiais escolhidos foram madeira petrificada, toras certificadas, palha, fibras naturais, mármore especial, espelhos e tecidos ecológicos. Um dos destaques é um trabalho especial em mármore bianco gris tiempo-Âmbar, novidade deste ano. Em relação às cores, predominância de tons claros e neutros, aliados aos tons naturais da madeira. O projeto luminotécnico marcante é outro ponto de grande importância, pois traz harmonia, conforto e uma atmosfera mais intimista ao ambiente. A iluminação foi utilizada para destacar detalhes importantes do projeto, como as vigas e colunas de madeira e seu traçado orgânico. A biofilia fica por conta de dois vasos com plantas altas e do painel da fotógrafa Eloisa Tannuri com cena de mata, que preenchem o pé direito do lounge.

Projeto: Renato Forti  -Campinas Decor 2021

Toillete Inclusivo – Renato Forti, arquiteto e urbanista, buscou soluções que agregam tecnologia, inclusão social, acessibilidade, segurança, conforto e arte focada em lembranças afetivas e no bem-estar. Segundo Forti, a arte e o conforto norteando o convívio e a inclusão social com acessibilidade são os destaques do ambiente de 21 m². O projeto segue o estilo contemporâneo e conta também com uma área de descompressão e convívio, onde os usuários podem descansar, relaxar e se recompor. Os materiais mais utilizados são o porcelanato, o mármore e a madeira. Predominam as cores base em bege e preto e nos detalhes, o azul marine e o vermelho rouge sobre fundo branco. A iluminação remete ao impacto emocional, com adição de focos auxiliares de dispersão para os pontos de destaque e de atenção.  Também foram utilizadas diversas obras de arte, como esculturas de Zin Cruz, tela de Adriana Duarte da Conceição, intervenção artística (tinta sobre estuque) de Wesler Machado Alma e tela de Humberto Ranauro. Baseado na sustentabilidade, o projeto proporcionou a redução de entulho (piso sobre piso) e a utilização de revestimentos que serão descartados triturados.

Projeto:  Alana Padovan e Guilherme Neto -Campinas Decor 2021

O Mínimo é o Máximo – A arquiteta Alana Padovani e o projetista Guilherme Neto trazem nesta edição um living minimalista e atemporal, que reúne sofisticação e materiais naturais, ao mesmo tempo em que é aconchegante, para uma completa experiência em família. A ideia é proporcionar um ambiente acolhedor em casa, colecionar ótimas experiências com os amigos e família. O grande destaque do projeto é a utilização dos elementos naturais e a paleta de cores terrosas que se integra com uma estante sob medida em carvalho com nichos para peças decorativas. A iluminação com perfil de led direciona o olhar e mostra a beleza dos traços retos, realçando os materiais e destacando suas texturas.

Projeto: Caique Ferreira e Karina Rezende  -Campinas Decor 2021

Conectividade – Em sua primeira Campinas Decor, o engenheiro Caique Ferreira e a  designer de interiores Karina Rezende tiveram a ideia de criar um projeto contemporâneo que aproximasse as pessoas. Segundo eles, o mundo mudou e a todo momento surgem novas formas de conexão e um desafio diário de aprendizado e de busca por se conectar. É isso que o espaço de 27 m² proporciona, uma nova forma de conexão, utilizando os quatro elementos da natureza. A árvore, simbolizando a terra e trazendo sua energia, a vida. Em sua base, nas raízes está a ”ligação” com a terra. As paredes em cores vibrantes materializam as emoções e trazem a força das águas e do fogo. Já a bicicleta proporciona a sensação de liberdade sentida por meio do ar batendo no rosto, respirando a liberdade dos céus.

Projeto:  Jair Leite -Campinas Decor 2021

Home Bar – O arquiteto Jair Leite teve a ideia de criar um Home Bar para receber e descontrair de forma elegante, jovem e contemporânea. O ambiente de 52 m² foi pensado para um mundo pós-pandemia, no qual muitos ainda se sentem inseguros de frequentar bares e restaurantes, mas não querem deixar de estar na companhia de amigos e familiares. A cor cinza e o azul predominam no espaço, que utiliza materiais metalizados, polidos e sintéticos de maneira harmônica, criando um ambiente agradável visualmente e aguçando os sentidos. “Os protagonistas do projeto são os painéis azuis que trazem vida ao ambiente e também a estante do bar de 4,20 metros toda iluminada no material metalizado,” diz Leite. Complementam o espaço fotografias de Cláudia Castro e a iluminação leve e dimerizável, que pode ser regulada de acordo com a necessidade e uso do ambiente.

Projeto:  Cláudia Lenita Geraldini Losano e Marco Antonio Losano -Campinas Decor 2021

Espaço de Estudo – Participando pela terceira vez da Campinas Decor, os arquitetos Cláudia Lenita Geraldini Losano e Marco Antonio Losano tiveram como ponto de partida o momento atual para criar um Espaço de Estudo no qual os usuários usufruam ao máximo das suas atividades pedagógicas on-line e tenham, ao mesmo tempo, um espaço diferenciado que desperte a vontade de utilizá-lo para momentos de convívio. O ambiente de 34 m² foi concebido de acordo com a vivência e percepção das crianças e adolescentes de hoje em dia. O projeto segue o estilo “lúdico futurista”, segundo os profissionais. Na paleta de cores predominam os tons de azul e cores neutras. Entre os materiais empregados estão o MDF laqueado, revestido em laminado “fórmica” e acrílico. O piso em manta vinílica é de fácil manutenção e permite a criação de desenhos e combinação de cores. O projeto luminotécnico utiliza o conceito de iluminação cênica com o uso de led.

Projeto: Marina Zanatto -Campinas Decor 2021

Encanto da Empresária – A arquiteta Marina Zanatto elaborou para esta edição da mostra um espaço de 58 m², acolhedor e com tendências atuais para a empresária trabalhar, receber amigos, relaxar e também praticar seus hobbies. A coluna existente no espaço serviu de divisão do ambiente, delimitando as diferentes funções do espaço. O projeto segue o estilo contemporâneo, com toques de sofisticação e materiais de alta qualidade. Os principais itens utilizados são o MDF madeirado, metalon, vidro, espelhos, iluminação e a bancada em Corian. Entre as cores predominantes destacam-se o verde, cinza e tons de bronze. O paisagismo utiliza bolsas vivas para a instalação de um jardim vertical com diversas espécies e plantas para a criação de uma hortinha na bancada.

Projeto: Caroline Garcia- Campinas Decor 2021

Café Decor – Estreando na Campinas Decor, a arquiteta Caroline Garcia teve como proposta trazer para a mostra um ambiente bem brasileiro, aconchegante, atraente e rodeado de plantas. Segundo ela, o grande destaque do espaço de 76 m² são as cores da nossa bandeira e as vegetações nativas, que ressaltam as nossas riquezas. O piso granilitado permitiu a personalização com grãos de cor marrom, remetendo ao café. O revestimento travertino rústico, que expressa a beleza em seu acabamento irregular, foi aplicado cuidadosamente com silicone para não danificar as paredes históricas. A iluminação do ambiente conta com a coloração quente e com toque do design colonial e esse toque também é traduzido com os boiseries. As madeiras trazem texturas mais rústicas e a pedra natural escolhida é também brasileira. Os móveis mais contemporâneos fazem ver que essa junção de estilos dá certo. Todo esse design arrojado das cores e das texturas naturais expressa, por meio da arquitetura, a brasilidade da cultura que o café nos trouxe e a importância das grandes fazendas cafeeiras do século XX.

Projeto: Adriana Consulin – Campinas Decor 2021

Projetando em Nova York – A arquiteta Adriana Consulin participa da Campinas Decor pela sexta vez e nesta edição se inspirou na criação de um ambiente em estilo contemporâneo para refletir o tema Arquitetando em Nova York. No espaço de 70 m², Adriana optou pelo uso do porcelanato branco no piso e revestiu as paredes e o teto  com madeira ripada. As cores escolhidas para compor o projeto são principalmente o branco, cinza, preto e os tons claros das madeiras. Entre as soluções utilizadas no projeto, o uso da grade de cor branca e preta, pontuou um equilíbrio entre  luz e sombra. O uso das madeiras quebra a frieza dessas cores e aquecem o ambiente, criando um conforto visual. A iluminação foi projetada para criar efeitos visuais, fazendo com que o teto e as paredes pareçam estar flutuando. O projeto também inclui peças de iluminação desenhadas exclusivamente para o espaço. Para completar, a sustentabilidade está presente através dos materiais utilizados, oriundos de empresas que respeitam e aplicam soluções sustentáveis. Móveis de design dão o tom da decoração, deixando sofisticada e conceitual.

Projeto: Renata Beneplacito, Alexandra Teixeira, Fernanda Morozini e Marina Sampaio  – Campinas Decor 2021

Meu Ateliê – As expositoras Renata Beneplacito, Alexandra Teixeira, Fernanda Morozini e Marina Sampaio tiveram como proposta criar um refúgio dentro de casa. Um espaço de 21 m² aconchegante e feminino, criado para a proprietária fazer o que mais gosta: arte.  A estante com suas formas curvas, feita sob medida, com um design contemporâneo, é o destaque do projeto. O material utilizado é o gesso acartonado, material com sistema de construção a seco, de rápida instalação. Entre as cores predominantes estão preto, branco e terracota. O ambiente conta também com vários elementos relacionados à costura, conectando o projeto com as bonecas produzidas pelo Grupo Primavera, que serão vendidas durante a mostra em benefício da entidade. A iluminação utiliza pendentes da Bonaluce na mesa de trabalho. A estante também recebe iluminação em suas prateleiras, trazendo um toque atual ao projeto. Já o aconchego do ambiente fica por conta da luminária de piso ao lado da poltrona. A sustentabilidade marca presença no uso do piso vinílico e do gesso acartonado, materiais recicláveis e de fácil descarte. 

Projeto: Ana Mitzakoff   – Campinas Decor 2021

Kaza Koff – Em sua 15ª participação na Campinas Decor, a designer de interiores Ana Mitzakoff trouxe para esta edição comemorativa um ambiente de 82 m² feito para si mesma e que recebe a sua assinatura. O espaço, criado com um novo olhar para esta nova era, é um living com escritório integrado, ideal para receber amigos e trabalhar em casa. Cada detalhe é único, as peças foram escolhidas com cuidado, sendo algumas delas de uso pessoal da profissional. Entre as obras de arte utilizadas para compor o espaço estão uma escultura do artista Samuel Ângelo, além de telas e muranos exclusivos hand made da Amis e Rubinho Toniolli. Seguindo o estilo contemporâneo com base no clássico, a designer optou por cores neutras e naturais e materiais como porcelanato e espelhos. A iluminação escolhida é indireta, com destaque para o lustre de cristais Baccarat. “O porcelanato hoje substitui as pedras com fidelidade incrível e uma possibilidade de criar várias ideias e paginações.

Projeto: Ana Helena Ferrari -Campinas Decor 2021

Arar – Com cinco participações na mostra, a arquiteta Ana Helena Ferrari teve como inspiração a terra para criar o espaço Arar. O projeto é dividido em dois ambientes, um de 25 m² e outro de 51 m². A chegada pelo hall de entrada já propõe uma desaceleração e cria uma ambientação com folhagens secas. Intermediando os espaços, uma mureta em formato orgânico une os espaços e anuncia a mudança de tom que há de vir, tanto da cor quanto da luz. Avançando para a sala de convívio, está a sala de estar integrada à de jantar. O estilo mescla o rústico com o sofisticado, seguindo caráter minimalista, sem excessos, com destaque para tons de terra e materiais como couro Kind Leather, que é sustentável para a textura rústica, madeira, cambraia de linho e pedra bruta. A iluminação se transforma no decorrer do dia e ativa diferentes percepções, vindo da iluminação natural, advinda das grandes aberturas preexistentes do edifício, em justaposição à artificial agregada.

Projeto:  Maria Gabriela Linares e Josiane Carvalho -Campinas Decor 2021

Studio da Digital Influencer – A dupla de designers de interiores Maria Gabriela Linares e Josiane Carvalho teve como proposta trazer para a mostra um espaço composto de vários cenários para gravações de vídeos, fotos e reuniões de trabalho, que pudesse ser ao mesmo tempo um local de criatividade e descanso. A principal característica do projeto é passar a ideia de conforto e bem-estar em um ambiente de trabalho. Os arcos, as cores e o aconchego são as palavras chaves para as inspirações do projeto. O ambiente traz vida e inovação para a era digital e tem como destaque a vivacidade e a alegria da união resultante de todas as texturas dos materiais e das cores escolhidas. Com 28 m², o espaço em estilo contemporâneo destaca-se com tons como o verde e o rosa e por seus tecidos. O uso do revestimento cimenticio em formato de tijolinho, que imita o granilite Gauss, faz a composição com os biombos de palhinha desenhados pelas designers, criando uma memória afetiva. O conforto é trazido com a ajuda de um tapete em formato inteiro no ambiente com o desenho feito também por elas em cores vibrantes.

Projeto: Cláudia Silva e Josi Emidio – Campinas Decor 2021

Escritório da Designer – Estreando na Campinas Decor, as designers de Interiores Cláudia Silva e Josi Emidio projetaram o Escritório da Designer para ser um ambiente confortável, iluminado e ao mesmo tempo elegante. Optando por um mix de estilos, clássico ou contemporâneo, as designers acreditam que saíram da monotonia, demonstrando personalidade, exclusividade e sofisticação. Segundo as expositoras, o destaque está na utilização de materiais nobres como o mármore, mica, cristal, madeira, assim como a mistura de itens contemporâneos agregados à decoração. A paleta de cores inclui tons neutros como o preto, branco e cinza. A mesa da designer foi minuciosamente preparada com o mármore Dolomita Michelângelo. Como no ambiente havia uma viga estrutural, as designers fizeram um revestimento em chapa de aço, nichos em madeira e iluminação em led. O espaço de 44 m² conta ainda com janelas grandes, largas, que permitem uma maior luminosidade e ventilação, compondo por si só, uma arquitetura sofisticada.

Projeto: Sueli Cardoso- Campinas Decor 2021

Cozinha Gourmet – Participante desde a primeira Campinas Decor, a decoradora Sueli Cardoso traz para esta edição comemorativa um amplo ambiente gourmet de 92 m², que tem em seu DNA o convívio familiar. “É um espaço para receber pessoas em momento de pura descontração. Ele precisa ser prático e atender as necessidades de cada cliente,” diz Sueli.
O grande destaque do projeto, em estilo contemporâneo, é um armário, lançamento da Dell Anno, que promete chamar a atenção do público. O projeto conta também com vários lançamentos da Portobello, empregados no piso e na parede com peças assinadas. Já no mobiliário, as peças da Breton trazem conforto e modernidade. O tom predominante no espaço vem do laminado de madeira, juntamente com os revestimentos assinados e as bancadas de Dekton. Na iluminação, destaque para o uso de led. Para completar, no paisagismo, a decoradora trouxe uma árvore e muitos temperos fresquinhos para incrementar os pratos dessa cozinha gourmet.

Projeto: Valquíria Castilho – Campinas Decor 2021

Estado Zen – Em sua primeira participação na mostra, a arquiteta e designer de interiores Valquíria Castilho teve como proposta desenvolver um ambiente leve, relaxante e agradável. O projeto criado para o espaço de 25 m² é contemporâneo. Entre os principais materiais utilizados estão a pedra, a madeira e o metal. Segundo ela, a ideia foi trabalhar com linhas retas, poucos detalhes e superfícies mais lisas. A paleta de cores leva tons neutros e uma cor verde, usada como base vibrante, que lembra a natureza. Para deixar o ambiente mais aconchegante e confortável, a escolha foi o jardim vertical, com plantas permanentes, levando o conceito de natureza, equilíbrio, paz e relaxamento. A elegância e exclusividade do ambiente estão presentes na escolha de peças conceituais e móveis exclusivos, como a chaise Sereia do designer Paulo Alves, além das Banheiras Versalhes, que são banheiras originárias do Sul da França, esculpidas artesanalmente em cobre. Os espelhos trazem luminosidade e profundidade ao ambiente. 

Projeto: Ludmila Manita e Milena Sande  – Campinas Decor 2021

 SPA Elemental – Em sua primeira participação na Campinas Decor, a dupla de arquitetas e urbanistas Ludmila Manita e Milena Sande teve como proposta criar um ambiente sensorial que representasse os quatro elementos da natureza. Com 37m² e em estilo Eclético acompanhando a linguagem do edifício e com toques de modernidade e tecnologia, o projeto explora texturas de diferentes materiais, como castelatto, granito, madeira e vidro. O grande destaque, segundo as arquitetas, é o spa com borda infinita, feito por uma indústria de piscinas de fibra e revestido com granito e castelatto, provando que é possível um spa deste porte em pouquíssimo tempo e com acabamento impecável. A escolha das cores surpreende, mostrando que também é possível um ambiente relaxante mesmo com cores sóbrias e mais escuras. O preto em diferentes texturas, a iluminação indireta, o paisagismo, as velas e a constante circulação da água trazem aconchego ao ambiente que, apesar dos acabamentos modernos e impactantes, tem uma atmosfera essencialmente relaxante. Para os jardins verticais foram usadas samambaias americanas e orquídeas, além de orquídeas cerâmicas. O ambiente ganha um toque especial com a tela exclusiva fornecida pelo escritório de arte Sueli Pennone e com as orquídeas cerâmicas executadas pelo escultor Samuel Antero. Já a sustentabilidade marca presença por meio da iluminação em led, pelo sistema de tratamento de água com ozônio e pelo vitral feito com lâminas de vidros oriundos de descarte.

Projeto: Natália Botelho – Campinas Decor 2021

Espaço Sensia – Natália Botelho, arquiteta, elaborou o Espaço Sensia para esta edição histórica da mostra. O espaço de 55 m² foi concebido para oferecer aos usuários a experiência de construir um lugar com o melhor estilo que existe: o seu próprio estilo. “A ideia é que os visitantes possam ter a experiência Sensia de se sentir em casa”, diz a arquiteta, complementando que o destaque do projeto é a experiência do usuário no ambiente. No projeto, concebido em estilo moderno, predomina a cor cinza e materiais como cimento queimado e madeira. Outro destaque é um painel ripado, que se contrapõe com um jardim vertical e a logomarca da Sensia em um conceito criado para os pontos de venda da Incorporadora.

Projeto: Gabriela Gonzalez  – Campinas Decor 2021

Área de festa – Em sua quarta participação na Campinas Decor, a arquiteta Gabriela Gonzalez teve como proposta a intervenção de um projeto minimalista na edificação neoclássica projetada por Ramos de Azevedo. O grande destaque do projeto elaborado num espaço de cerca de 300 m² são as linhas fortes, perspectivadas, e o contraste de cores. Roxo e branco foram escolhidos para contrastar com o amarelo do prédio, gerando um contraste forte e ao mesmo tempo harmonioso. O projeto utiliza estrutura metálica, drywall, marcenaria no balcão e bancos, além do isopor. A iluminação indireta ressalta a volumetria das paredes e do teto. O paisagismo utiliza palmeiras e um jardim envolvendo a rampa de acesso. As soluções sustentáveis aparecem nas placas de isopor revestidas e no balcão, que serão reutilizados no próprio escritório da arquiteta. Já a estrutura e as placas de drywall são as mesmas utilizadas em outro ambiente da Campinas Decor de 2018.

Projeto: Fabricia Pellizzon e Fernando Pellizzon- Campinas Decor 2021 

Viver Guardian – Em sua 13ª participação na Campinas Decor, Fabrícia Pellizzon, designer de interiores, e Fernando Pellizzon, arquiteto, tiveram como proposta criar um ambiente que transmitisse as várias utilizações do vidro e do espelho para o espaço da Guardian Glass. O projeto criado é um espaço de 57 m²  para spa, descanso e relaxamento, que traz toda a leveza e sofisticação do vidro, com o aconchego da madeira, iluminação e tecidos utilizados. O ambiente é personalizado com linhas retas. Entre as cores presentes estão o azul, marrom, nude e o branco. Já a iluminação é suave, para garantir o descanso e o relaxamento, e conta com uma luminária personalizada, com a assinatura da dupla responsável pelo projeto.

Projeto: Aldomar Caprini – Campinas Decor 2021 

Restaurante… sem eira nem beira… – Com 13 edições de Campinas Decor no currículo, o arquiteto Aldomar Caprini teve como proposta fazer uma homenagem ao CD Brasileirinho, da cantora Maria Bethânia, para criar o espaço do Restaurante funcional de 105 m². Em estilo contemporâneo, o grande destaque do projeto é a área do lounge, que conta com uma série de elementos na cor laranja, presente em sofás, estandes e lareiras, que dão unidade à composição. Além do laranja, as cores azul e verde predominam no ambiente. O arquiteto utilizou também materiais como laminado amadeirado, lajotas de pedra e cimento queimado. A iluminação escolhida é indireta e o grande destaque é o lustre com 26 pendentes, que fica localizado acima da mesa quadrada do salão.

Projeto: Stella Buratto e Giuliano Carvalho  – Campinas Decor 2021 

Loja Conceito – A arquiteta, urbanista e designer de interiores Stella Buratto e o administrador e gestor de projetos Giuliano Carvalho partiram para uma proposta ousada para a criação de um espaço contemporâneo de 36 m² com pé direito alto, utilizando linhas orgânicas e materiais claros, destacados por uma boa iluminação. A ideia foi trazer um ar aconchegante, através dos materiais utilizados, passando a sensação de bem-estar para as pessoas que irão circular pelo espaço. O balcão em linhas orgânicas destaca-se no projeto, que utilizou materiais como o MDF madeirado com tons de carvalho, que remetem à sensação de acolhimento.  O mármore branco e o piso Calacatta Oxxy, lançamento no mercado, dão leveza e sofisticação ao espaço com seu brilho intenso. O aconchego também é garantido pelo papel de parede que imita linho na cor cinza, aplicado nas paredes que ficaram expostas e no teto. A iluminação minimalista, projetada exclusivamente para o ambiente, ajuda a destacar e dar valor por meio de perfis e fitas de led. Para dar um toque de exclusividade, o espaço é repleto de enfeites assinados por designers brasileiros.

Cozinha integrada a sala de estar com armário cinza escuro com detalhes amadeirado, bancada de madeira com quatro cadeiras, porcelanato em tom neutro, tapete nude
Projeto: Alice Sturari – Campinas Decor 2021

Meu Estilo – A designer de interiores Alice Sturari e sua equipe elaboraram para os 25 anos do Campinas Decor um loft que é um refúgio pessoal, aconchegante, funcional, chique e despretensioso. O espaço de 73,81 m² utiliza como base uma paleta de cores suaves  em contraste com toques atemporais de verde floresta e preto, proporcionando um equilíbrio sofisticado. O projeto contrasta também a madeira orgânica e elementos naturais com a tecnologia. Segundo Alice, o destaque é a versatilidade inteligente, que conta com a ajuda de um projeto bem estudado, proporcionando diversas atividades em um espaço reduzido, como usufruir da sala de lareira, assistir à televisão pela tela double screen, tomar um vinho ou utilizar a banheira, tudo isso com uma harmonia visual confortável. Para as bancadas da cozinha e do banheiro, foi utilizado o revestimento ultra-resistente Dekton. Esta pedra espanhola industrializada é produzida a partir da mistura de matérias-primas usadas na fabricação de porcelana, vidro e superfícies de quartzo. A bancada com tampo em madeira orgânica 100% biodegradável é altamente sustentável, assim como o Eco Decor adotado nas paredes do banheiro do loft, em substituição aos papéis e tintas acrílicas. 

Projeto: Gustavo Pigatto – Campinas Decor 2021

 Morada Brasileira – O arquiteto e urbanista Gustavo Pigatto teve como ponto de partida apresentar uma morada brasileira, livre de conceitos adquiridos pela cultura ao longo das décadas, trazendo uma leitura bem contemporânea da casa integrada, com poucas divisões, em um espaço de 68 m² e com certa rusticidade. Todo o ambiente foi concebido com a ideia de resgatar memórias afetivas e da arquitetura vernacular brasileira, de forma contemporânea, e trazendo a essência da casa brasileira e o conceito de lar, uma casa para desligar do ambiente externo, que traz todo acolhimento e conforto. O projeto apresenta alguns elementos que chamam a atenção do público, como o piso em revestimento cerâmico que permeia todo ambiente, o teto com a tesoura de apoio do telhado aparente, com o Teto Vinílico que reveste todo o forro do ambiente, as imperfeições das paredes, a jabuticabeira na entrada, o piso de caquinho de cerâmica na área privativa, a rede de descanso e os materiais naturais, feitos à mão.

Newsletter

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment