Fantato Nitoli Arquitetura projeta apartamento para as necessidades do morar e trabalhar

O escritório de arquitetura de São Caetano do Sul aposta em soluções para organizar acessórios em hall de entrada que não existia e ambientes para as necessidades do morar e trabalhar

Criatividade e soluções não faltam neste apartamento com cerca de 70m², em São Caetano do Sul, projetado pela Fantato Nitoli Arquitetura. A prioridade dos arquitetos era criar um ambiente aconchegante que acolhesse todas as necessidades do jovem casal especialmente em tempos de pandemia, que fizeram eles enxergarem novas necessidades entre o morar e trabalhar, além dos objetivos iniciais sonhados para o apartamento. A ideia era ter espaços que atendessem demandas de home office, integração de ambientes e um espaço na entrada do apartamento para guardar acessórios como sapatos, bolsas e máscaras. A ideia de criar um hall que não existia e a nova necessidade de armazenamento na entrada do apartamento, permitiu a criação desse novo espaço, onde é possível guardar os objetos usados na rua. Para isso, foi construída uma parede na frente da porta de entrada, que impede a visão direta da cozinha para aqueles que chegam no apartamento e direcionando o olhar do convidado primeiramente para a sala de jantar e TV.

CONFIRA: EUCATEX DÁ DICAS DE COMO ORGANIZAR UM HOME OFFICE UTILIZANDO A CHAPA PERFURADA

Neste espaço foi aplicada uma pintura completa, incluindo o forro, em um tom de verde água, criando uma caixa e com a extensão da mesma cor até o bar na parede contrária, integrando ainda mais os ambientes. O armário e a porta de entrada em marcenaria também ganharam a mesma cor, mantendo a unicidade das paredes e teto. Para o jovem casal, proprietários do apartamento, o objetivo era integrar a cozinha com a área social. Para isso, foi demolida a parede e uma mureta baixa que dividia esses dois ambientes. Na ilha que divide a cozinha da sala, no lugar do cooktop, usualmente usado em ilhas, foi colocada a cuba, para que fosse possível manter a parte superior livre. E a área de cocção foi mantida na bancada da parede, onde uma coifa fica discretamente embutida no armário superior.

Necessidades do morar e trabalhar: Sala  de estar integrada a sala de jantar com pintura verde agua, sofá mostarda, rack amadeirada, mesa redonda branca com quatro cadeiras e piso cinza
Necessidades do morar e trabalhar: Sala de estar com coluna dividindo a cozinha que possui armário de madeiras, eletrodomésticos de inox, paredes brancas e piso cinza.
Necessidade do morar e trabalhar: cantinho do bar com móvel amadeirado com bebidas e espelho de fundo.

O sofá na cor mostarda contrasta perfeitamente com a parede na cor verde água da sala de jantar, um ar retrô, mas cheio de elementos contemporâneos. Mesa de jantar, cadeiras e pendente em tons claros mantém a neutralidade, para que a parede e o sofá sejam os protagonistas.

Sala de estar com sofá mostarda, rack amadeirada, TV na parede e prateleira com objetos decorativos
Canto da sala de jantar com parede verde agua, mesa redonda branca com quatro cadeiras e luminária pendente branca
Cozinha com armário amadeirado e cinza, eletrodomésticos de inox e bancada de mármore claro

Toda marcenaria do apartamento é ímpar, traços retos e simétricos com puxadores ocultos através de cavas na madeira e fecho-toque no ripado no móvel da sala. A prateleira metálica super fina, acima da TV, da um apoio discreto para o décor, ideal para colocar plantas pendentes e esculturas. O Bar suspenso e iluminado em uma parede espelhada cria a sensação de amplitude. Os arquitetos da Fantato Nitoli quiseram imprimir neste projeto um conceito leve e contemporâneo através de algumas soluções diferentes. Um dos diferenciais é a pintura em cimento queimado no forro, somado com sancas de iluminação indireta. Uma que faz a iluminação da cozinha e outra que parte desde o cortineiro da sala e percorre por todo a parede da TV até o corredor dos quatros. Mobiliário clean, leve, sem muita informação e detalhes, preservando a cor e o desenho puro das peças, são o foco em todos os ambientes do apartamento.

Cantinho do home office na sala com escrivaninha, cadeira de escritório e cortina branca.
Quarto de casal com TV na parede, paredes em tom claro e cabeceira de madeira com luz de led
Necessidades do morar e trabalhar: Quarto de casal com TV na parede, paredes em tom claro e cabeceira de madeira com luz de led

Outro objetivo, muito impulsionado pela pandemia, foi a integração do morar e trabalhar sendo necessário um home office generoso e confortável, que também tem a função de servir como quarto de hóspedes, quando necessário. Para ganhar um bom armazenamento e não fazer grandes armários com cara de guarda roupa, os arquitetos sugeriram um armário alto com diferentes soluções. Em sua lateral, os nichos embutidos e iluminados com fita de LED criam uma atmosfera charmosa para a função de quarto de hóspedes. Do outro lado, uma das portas com moldura preta e vidro, traz uma sofisticação para armazenar as coisas de escritório. E ao centro, o armário fechado, passa despercebido como guarda-roupa. Além disso, a bancada suspensa permite que a cortina de tecido se estenda de fora a fora no ambiente, trazendo muito aconchego. E por fim, o aparador suspenso com portas de correr em Muxarabi traz mais uma solução de armazenamento e um apoio para a TV.

No quarto do casal, assim como em todo apartamento, o minimalismo foi mantido. O painel de madeira na cabeceira com iluminação embutida em LED e acoplado aos criados mudo, proporciona conforto. A prateleira suspensa tem como objetivo, dar apoio para os aparelhos da TV, uma vez que pelo espaço, não seria possível fazer um aparador. Os armários ganham portas de correr para otimizar o closet e permitir que os dois moradores possam abri-las ao mesmo tempo. O papel de parede finaliza o ambiente com um toque de textura, que traz o complemento perfeito.

Quarto de casal com TV na parede, paredes em tom claro e cabeceira de madeira com luz de led
Quarto de casal com TV na parede, paredes em tom claro e cabeceira de madeira com luz de led

Os dois banheiros possuem o mesmo conceito, porém com cores invertidas. O único item que se diferencia entre eles é o modelo do box, no banho social com um design mais inovador, por ser um banheiro que também serve como lavabo. E o do banho master, com um modelo mais comum e usual para o dia a dia. Ambos possuem ralos ocultos que mantém a continuação do piso.

Na lavanderia o foco foi a funcionalidade. Móveis de marcenaria para adequar as necessidades de armazenamento, cabideiro, gavetões para roupas e um bom varal fizeram do espaço, prático. E para separar esse ambiente da área social, a solução foi uma porta, desenhada pelo escritório, com vidros canelados, que mantem a entrada de luz natural e agrega um design para os dois ambientes.

Necessidades do morar e trabalhar: Banheiro com azulejo do metro em tom neutro, piso em tom neutro e box de vidro com moldura branca
Necessidades do morar e trabalhar: banheiro com piso em tom neutro, azulejo do metro em tom neutro, gabinete em tom neutro com bancada marmorizada clara e espero retangular

Mais informações: www.fantatonitoli.com.br| @fantatonitoli.arq

Newsletter

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment