Dicas para envidraçar a varanda com segurança

Poltrona verde em sacada envidraçada com plantas

Projeto assinado pelo escritório Andrade & Mello Arquitetura

O envidraçamento da sacada é uma maneira esperta para integrar o ambiente ao living, mas além de aumentar a área social, a solução também oferece conforto acústico e proteção contra chuvas e ventos. 

Apesar de um trunfo na hora de aproveitar os espaços em casa, o assunto gera dúvidas técnicas e, por vezes, acaba sendo deixado de lado por conta do investimento na estrutura de vidro que pode ser alto. Para ajudar, selecionei quatro dicas para te ajuda na decisão e até a fazer uma compra mais segura. Confira.

Sala com sofá cinza de apartamento com vista para sacada envidraçada
Projeto assinado pelo escritório Mis Arquitetura

1. Nenhum sistema de fechamento é 100% estanque
Uma das dúvidas mais comuns é sobre a vedação do envidraçamento da sacada. Como a varanda é um ambiente externo ela está sujeita a fatores climáticos. O fechamento da sacada é composto por diversas folhas de vidro instaladas em um sistema deslizante e pivotante. Quando as chuvas são muito fortes pode, sim, ocorrer a entrada de água entre os vãos. 

SAIBA MAIS: VIVIX LANÇA NOVAS CORES DA LINHA DE VIDRO DE PROTEÇÃO SOLAR

No entanto, isso não significa que com qualquer chuva a sua sacada vai encher de água, mas é preciso cautela. Por isso, na hora de contratar uma empresa especialista no serviço é importante que eles ofereçam recursos que garantam o menor vazamento possível.

Sacada envidraçada com estilo clean, sofá branco e tapete verde.
Projeto assinado por Érica Salguero

2. Tenha cuidado na aplicação dos revestimentos
Como vimos que nenhum sistema de fechamento com vidro é 100% estanque, é preciso evitar pisos de madeira e laminados que podem estragar caso molhem frequentemente. Mas se esta for a sua única opção, é preciso realizar a instalação dos ralos convencionais, lineares ou ocultos para escoar a água.

Alguns modelos de ralos são específicos para varandas e podem ser instalados em toda a extensão do ambiente por meio de módulos que acoplam-se uns aos outros. 

Sacada envidraçada com mesa redonda e plantas.
Projeto assinado por Bruno Carvalho

3. Procure uma empresa com credibilidade no mercado 
Em uma obra ou reforma é preciso ter atenção à qualidade de todos os produtos e seus fornecedores. Afinal, geralmente são itens de devem ter boa durabilidade, além do alto custo envolvido. Quando falamos do vidro da sacada, o cuidado deve ser redobrado! Pois quando mal especificado ou mal executado pode causar acidentes graves.

Faça uma pesquisa minuciosa de empresas que tenham qualidade em todos os processos: orçamento, especificação, medição, projeto, execução e, é claro, futuras manutenções. “O envidraçamento de sacada é uma das compras mais complexas que proprietário faz. Portanto, é importante averiguar a credibilidade da empresa, conhecê-la pessoalmente, e saber sobre a garantia e assistência técnica oferecidas. Mecanicamente todos os sistemas são iguais, mas cada fornecedor desenvolve acessórios como perfis, roldanas e dispositivos de seguranças diferentes. E são eles que determinam a segurança e resistência do seu envidraçamento”, explica Claudio Mansur, especialista em vidro do canal Dr. Sacada.

Por isso, nem sempre o orçamento mais barato é a melhor opção. Lembre-se que você terá um relacionamento de longo prazo com a empresa que fizer o envidraçamento de sua sacada, pois é necessário realizar manutenções anuais, ou a cada dois anos.

Além disso, você deve exigir toda a documentação necessária conforme estabelece a ABNT 16.259: emissão de nota fiscal, ensaio em laboratório, e ART ou RRT.*

Envidraçamento de sacada rústica, com mesa de madeira e vasos.
Projeto assinado por Wesley Lemos

4. Tipos de vidros que podem ser usados
Três tipos de vidros de segurança podem ser usados: o temperado, o laminado e o temperado de laminado. Cada projeto tem de ser analisado de maneira personalizada, pois a escolha correta do vidro, depende de fatores como a pressão que o vento vai exercer sobre ele, a região do país, características da edificação, e até o andar que esse fechamento será instalado. Neste caso, é preciso contar com a ajuda da empresa especialista para a garantir a melhor escolha do material.

“Também é importante ter certeza que a sacada foi projetada para receber as cargas advindas do próprio peso do sistema, para evitar riscos de colapsos estruturais da sacada e da edificação”, explica Luiz Barbosa, Gerente Técnico de Vendas da Vivix Vidros Planos. 

*Os projetos e a instalação do sistema de fechamento de sacadas devem seguir três normas técnicas. 1. ABNT NBR 16259:2014 – Sistema de envidraçamento de sacadas 2. ABNT NBR 7199:2016 – Projeto, execução e aplicações de vidros na construção civil. 3. ABNT NBR 14718:2019 – Guarda-corpos para edificação (caso o sistema seja instalado sobre guarda-corpos). 

Newsletter
Avatar

Lilian Santos

Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing, trabalhou durante 07 anos em lojas especializadas em revestimentos, fez diversos cursos e treinamentos do segmento e resolveu pegar todo o seu conhecimento e criar o Revestindo a Casa para compartilhar dicas técnicas, que hoje ajuda milhares de pessoas. Ela desenvolve conteúdos para o digital, treinamentos para empresas do segmento, palestras e consultorias. Ah ela adora dar boas risadas, sempre tenta ver o lado bom das coisas e ama viajar.

Leave a Comment