Dicas para acertar na compra e instalação de piso laminado

O piso laminado é uma das opções disponíveis no mercado com melhor custo benefício por diversos fatores, entre eles, o valor do revestimento em si, o fato de sua venda na maioria das vezes estar atrelada a instalação, além da agilidade e facilidade de colocação em poucas horas, gerando o mínimo de entulho possível e […]

Lilian Revestindo a Casa
Calendario 31 outubro 2021 Lilian Revestindo a Casa
Compartilhe:

O piso laminado é uma das opções disponíveis no mercado com melhor custo benefício por diversos fatores, entre eles, o valor do revestimento em si, o fato de sua venda na maioria das vezes estar atrelada a instalação, além da agilidade e facilidade de colocação em poucas horas, gerando o mínimo de entulho possível e reduzindo os custos de obra. Mas apesar das vantagens, algumas dicas podem ajudar a fazer a compra do piso laminado da melhor maneira e alguns aspectos devem ser observados no momento da instalação para não ter dor de cabeça. Eu te conto cada um deles! 

Mas apesar das vantagens, algumas dicas podem ajudar a fazer a compra do piso laminado da melhor maneira e alguns aspectos devem ser observados no momento da instalação para não ter dor de cabeça. Eu te conto cada um deles! 

Piso sobre piso 

piso laminado sobre piso cerâmica

Você sabia que o piso laminado pode ser instalado sobre outros tipos de revestimentos, sem regularização? Pois é, quando as irregularidades não ultrapassam 3mm, ele pode ser colocado sem a necessidade de efetuar nivelamento, desde que  o piso que está por baixo esteja firme e sem descolamento. 

Outro aspecto importante e sobre qual tipo de piso ele pode ser colocado. Porcelanatos, revestimentos cerâmicos, concreto e vinílicos colados estão liberados. Já em casos de colocação sobre os pisos flutuantes como os de madeira maciça (assoalho, tacos, etc.) e laminados, além de carpetes têxteis e pisos de pedra que soltem grãos finos, como a Ardósia, a indicação é remover antes da instalação do laminado.

CONFIRA: GUIA PRÁTICO: EUCAFLOOR TRAZ DICAS PARA LIMPEZA DOS PISOS LAMINADOS E VINILICOS

Impermeabilização

Quando se trata de um piso feito de madeira, o contato com água e umidade pode ser um problema, por isso ele não pode ser utilizado em áreas externas e molhadas. Mas outro ponto de atenção são os pavimentos térreos dos imóveis por estarem em contato direto com a umidade proveniente da fundação.

“Ah Lilian, se eu moro em um sobrado não posso colocar laminado no andar debaixo?” A resposta é sim, pode, mas precisa de cuidados com a impermeabilização, pois caso ela não tenha sido feita de maneira correta, a umidade pode danificar o seu piso com o passar do tempo.

Uma forma simples de verificar se o contrapiso está bem impermeabilizado é cortar vários pedaços de plástico de 50x50cm, fixando com fita adesiva e distribuindo por diferentes pontos do ambiente. Aguarde 48h, após esse período levante a borda de cada plástico e observe se escorre água, se existem marcas de condensação ou de escurecimento do contrapiso. Se houver será necessário reforçar a impermeabilização.

Em pavimentos térreos também é indicado a colocação de uma lona de 300 micras por baixo da manta de polietileno para ter mais proteção contra a umidade.

Armazenamento

Essa dica vale não só para o piso laminado, mas para todos os revestimentos que você comprar para a sua obra. Observe a indicação de armazenamento do fabricante para evitar que ocorram danos antes mesmo de sua instalação. Os pisos laminados devem ser armazenados em local coberto e arejado, sempre em posição horizontal para não empenar. 

Caso você note alguma irregularidade em alguma das réguas, não instale. Acione a assistência técnica para fazer a substituição. Também é importante aguardar 48h antes de abrir as caixas de piso laminado para que ocorra o processo de aclimatação, ou seja, adaptação do revestimento à temperatura e condições do ambiente.

Variação de réguas

Assim como os pisos frios, algumas linhas de pisos laminados também possuem maior variação na tonalidade das réguas, classificadas de C1 (menor variação) à C4 (maior variação).  Planeje a paginação antes da instalação para que os veios, nós e catedrais das réguas de madeira sejam posicionados de forma homogênea, sem ficar repetitivo.

Isso pode ser feito montando um gabarito no chão para ter uma ideia da instalação finalizada. Outra possibilidade é posicionar as réguas com tonalidades mais claras, onde você deseja que haja maior foco de luz, otimizando também a iluminação do ambiente.

Amarração do piso

Sala de estar com piso laminado, sofá e poltrona cinza, painel de TV de madeira com rack com designer verde e branco, paredes cinzas com quadros decorativos e espelhos
Piso laminado Eucafloor Evidence Carvalho Canela instalado na diagonal

Há diversas possibilidades de paginação dos pisos laminados, mas há duas regras importantes a seguir: espaçamento para junta de dilatação e amarração do piso. Em relação ao espaçamento, o instalador deve utilizar espaçadores na junção com a parede para garantir o espaço de 15mm necessário para a dilatação do piso.

Já na amarração, independente se você vai optar pela paginação transversal, longitudinal ou diagonal (ângulo de 45°), a colocação das réguas deve seguir uma proporção de 50%, ou seja, a régua da fileira seguinte deve ser posicionada ao meio da anterior, semelhante a paginação mais tradicional dos tijolinhos. 

É bom ter em mente o tipo de paginação no momento da compra, pois isso vai determinar o percentual de sobra adequado para fazer os recortes, sem o risco de faltar revestimento. Para as paginações transversal e longitudinal, a sobra é de 8%. Já para a colocação na diagonal deve-se considerar no mínimo 12% de sobra.

Você também pode mesclar diferentes tipos de padrões na sua paginação, desde que todos pertençam a mesma linha, ou seja, com o mesmo formato de réguas.

   

Lilian Revestindo a Casa
Calendario 31 outubro 2021 Lilian Revestindo a Casa

Leia também

Siga-nos no instagram

@revestindoacasa

Lilian Santos

Lilian Santos

CEO do Revestindo a Casa

Sou formada em Design de Interiores e Marketing, e especialista em revestimentos. Durante muitos anos, trabalhei em empresas especializadas do segmento e compartilho todos os segredos deste universo por aqui. Ainda ministro cursos, palestras e consultorias sobre o assunto, além de integrar o time de colunistas da Casa Vogue.

Ver mais